Nova Geração 222 – Sonambulismo : acesso ao nosso tesouro – O Livro dos Espíritos, pergunta 431.

Podemos ter acesso a nossa riquíssima história espiritual. Kardec ensina.

 
A subconsciência


Há, sim, a inconsciência prodigiosa
Que guarda pequeninas ocorrências
De todas as vividas existências
Do Espírito que sofre, luta e goza.

Ela é a registradora misteriosa
Do subjetivismo das essências,
Consciência de todas as consciências,
Fora de toda a sensação nervosa.

Câmara da memória independente
Arquiva tudo rigorosamente
Sem massas cerebrais organizadas,

Que o neurônio oblitera por momentos,
Mas que é o conjunto dos conhecimentos
Das nossas vidas estratificadas.

PARAIBANO. Nasceu em 1884 e desencarnou em 1914, na cidade de Leopoldina. Minas. Era professor no Colégio Pedro 2º, inconfundível pela bizarria da técnica bem como dos assuntos de sua predileção, deixou um só livro – Eu – que foi, alias, suficiente para lhe dar personalidade original. Fonte: Parnaso de Além Túmulo, Editora Feb.

Livro dos Espíritos

Parte 2 – Vida Espiritual – Capítulo 8 – Emancipação da Alma – Item sonambulismo. 

431. Qual a origem das ideias inatas do sonâmbulo e como pode ele falar com exatidão de coisas que ignora no estado de vigília, que estão até acima de sua capacidade intelectual?

“Acontece que o sonâmbulo possui mais conhecimentos do que imaginas; estes apenas dormitam, porque seu envoltório é muito imperfeito, para que ele possa relembrá-los. Mas, definitivamente, o que é ele? espírito, como nós, que se encontra encarnado na matéria, para cumprir sua missão, e o estado no qual entra, desperta-o dessa letargia. Já te temos dito, frequentemente, que revivemos várias vezes; é esta mudança que o faz perder, materialmente, o que pôde aprender numa existência precedente; ao entrar no estado que chamas de crise, ele se lembra, mas, nem sempre, de maneira completa; ele sabe, mas não poderia dizer de onde vem o que sabe, nem como possui esses conhecimentos. Passada a crise, toda recordação se apaga e ele retorna à obscuridade.”

A experiência mostra que os sonâmbulos, também, recebem comunicações de outros espíritos que lhes transmitem o que devam dizer e suprem sua insuficiência; isto se verifica, sobretudo, nas prescrições médicas: o espírito do sonâmbulo vê o mal, um outro lhe indica o remédio. Essa dupla ação é, algumas vezes, patente e se revela, além disso, por estas expressões muito frequentes; “dizem-me que diga”, ou “proíbem-me de dizer tal coisa”. Neste último caso, há sempre perigo em insistir, para se obter uma revelação recusada, porque, então, fica-se exposto aos espíritos levianos, que falam de tudo, sem-escrúpulo e sem se preocupar com a verdade.

Mensagem Encerramento

Que o Cristo envolva nossos corações com sua paz, com sua harmonia e com sua luz.

Fiquemos nós, filhos e filhas, com a sabedoria dos Espíritos eleitos pelo Senhor para ditar a codificação tão sabiamente estruturada pelo grande Allan Kardec.

Fiquemos nós, com as reflexões sérias e profundas destes verdadeiros amigos de nossos corações e nos afastemos de todos aqueles torpes que em nome do Cristo traem o Espiritismo.

As experiências que Kardec aponta precisam ser realizadas, estudadas, vivenciadas pelos verdadeiros espíritas. É covarde a atitude daqueles que se colocam contra o estudo e a prática do sonambulismo.

Se o mestre de Lion trata o assunto com tanta atenção, se espíritos puríssimos olham para este assunto e estudam a melhor linguagem, a melhor maneira de re-ensinar à humanidade sobre este assunto, com que autoridade estes estúpidos proíbem experiências sonambúlicas na casa do Cristo?

Atenção, filho! São falsos profetas que com a aparência da autoridade destroem os estímulos do crescimento espiritual.

Atenção, filhos! Não se deixem abater por estes odiosos seres que falam em nome de Jesus.

O amor, a caridade, é a devoção sincera pelos que sofrem. É a busca de uma compreensão mais profunda da vida. Vocês têm de buscar as experiências do Pentecostes, que vos espiritualizem, que vos deem convicção, que vos deem impulso de crescimento verdadeiro.

Como aceitar aqueles que querem proibir isto? Como dizer: ah… Tudo bem, já que ele está proibindo não vou fazer isto. E fará o quê? Tolices, loucuras, ao invés do estudo sério? Não é Allan Kardec para vocês um modelo de conduta? O Cristo não serve como exemplo? Quando educa adolescentes como João, Tiago e tantos outros nas experiências do amor, do magnetismo, da cura, da materialização?

Perguntem-se: quem são os modelos de vocês? Esses falsos profetas que pensam terem dominado o movimento espírita ou Allan Kardec ou o Mestre maior Jesus de Nazaré? Quem são os modelos de vocês, meus filhos? Não existem desculpas! Vamos estudar o sonambulismo a fundo.

Isto é só um começo e eu vou ensinar vocês a terem experiências sonambúlicas em curso apropriado e vocês que amam o Cristo não ficarão impedidos pelos falsos profetas e nós, em nome de Jesus, faremos reviver o cristianismo no mundo em nossas práticas, onde estivermos.

Muita paz,

Do amigo espiritual de sempre.

Categories: Nova Geração

Deixe uma resposta