Nova Geração – 242 – Quando o mal nos toca

Livro dos Espíritos
Segunda Parte
Capítulo IX - Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal


1. Penetração dos espíritos no nosso pensamento.
2. Influência oculta dos espíritos nos nossos pensamentos e nas nossas ações.
3. Possessos.
4. Convulsionários.
5. Afeição dos espíritos por certas pessoas.
6. Anjos guardiães, espíritos protetores, familiares ou simpáticos.
7. Pressentimento.
8. Influência dos espíritos nos acontecimentos da vida.
9. Ação dos espíritos nos fenômenos da Natureza.
10. Os espíritos durante os combates.


Perguntas do capítulo 459 a 557

470. Os espíritos que procuram nos induzir ao mal e que, assim, colocam em prova nossa firmeza no bem, receberam a missão de fazê-lo e, se é uma missão que cumprem, têm responsabilidade por isso?

“Nenhum espírito recebe a missão de fazer o mal; quando o faz, é por sua própria vontade e, por conseguinte, sofre as consequências disto. Deus pode permitir-lhe fazer isto, para vos experimentar, mas não lhe ordena que o faça, cabendo a vós repeli-lo.”

Mensagem de encerramento

Filhas e filhas. Deus os ama! Não esqueçam jamais disto: Deus os ama!

Gostaria muito que vocês fizessem esse exercício de compreensão. Tudo o que me acontece é para o meu bem. Eu só preciso saber aproveitar.

É isto, filhos. Se alguém deixa um monte de esterco na sua porta, que pode fazer? Ter ódio, se vingar ou pensar: bem, posso agora cultivar um belo jardim.

Deus vos ama. Quem confia no amor de Deus, sempre se perguntará: como extrair algo muito belo desta situação? Esta é a verdade! Como? Isto é muito bom… Ah… Mas espírito me inferniza… É… Mas Deus me ama. Como posso utilizar este ataque infernal, esta angústia, esse mal estar, para me transformar em um ser melhor? O grande empecilho do crescimento espiritual no mundo, filhos, é que vocês estão tristemente viciados em conquistas imediatas.

Vocês precisam aprender também a querer conquistas de médio prazo. Precisam pensar: ah… Isto aqui pode me resultar em uma extraordinária vantagem.

Que tal eu aprender a desenvolver uma paciência em relação a este problema? Que tal aprender a reutilizar os meus recursos financeiros, já que estou no momento de dificuldade financeira. Que tal reaprender a reavaliar as minhas amizades, já que estou sofrendo a traição de um amigo ou amiga. Porque Deus permitiu isto, é porque que Ele quer que eu cresça, aprenda. Se Deus permitiu isto é porque está destinado ao meu bem, a minha vantagem, a minha conquista extraordinária enquanto filho de Deus.

Deus não permite nada que vá ser 100% destrutivo. Ou melhor dizendo: Deus não permite nada que aconteça com nenhuma de suas criaturas, que não seja possível transformar em vantagem.

A lógica de Deus é a do amor, a lógica de Deus é de sempre dar a cada um de vocês oportunidades vantajosas. Não há oportunidade desvantajosa para ninguém no universo.

É possível entender isto, se vocês quiserem. Tudo o que Deus dá para vocês são vantagens. Deus não dá desvantagem a ninguém, filhos.

É um grande sacrilégio, é uma grande maldade, pensar que o Pai, que ama tanto o seu filho, irá lhe dar uma desvantagem. Nunca! Deus nunca fez isto, não faria isto com ninguém! Deus apenas dá a melhor vantagem para cada filho. Deixando a liberdade para que cada filho usufruir ou não desta vantagem. Cabe a você, filho, filha, cabe ao teu coração aproveitar a cada dia a vantagem.

Vou dar um exemplo: um espírito está lá, encarnado, sentado em um lugar, passa um espírito energia sensual imensamente. Envolve-o. Porque Deus permite isto? No exemplo que estou dando, claro, porque Deus pensa assim:

Vou ensinar que existe um prazer e um amor superior. Então, ele vai ver aquele e vai ter a chance de pensar: bem isto é bom, mas existe um prazer muito maior que esta satisfação sexual imediata, existe um prazer maior. Ah… Vou à busca deste prazer maior. Meu pai, não me deixe cair em tentação. Livre-me do mal, quero descobrir o prazer maior. Esta é a lógica, esta é a vantagem que Deus está dando para aquele filho. Esta é a vantagem.

Você pode pensar: mas e aquele outro que está e esta tentando seduzir grosseiramente sexualmente também é uma vantagem, pois Deus permite que ele faça para que um dia, se de conta que é vez de seduzir seres humanos e ele deve aprender a, entre aspas: seduzir o seu próprio coração para que entre em comunhão amorosa com Deus.

Filhos – poderia lhes dar milhões de exemplos que eu já estudei e os asseguro: em nenhuma situação Deus dá desvantagem para o espírito. Nunca! Porque não há maldade neste Ser.

Tudo o que Deus dá para cada um de vocês são vantagens, mas ele exige que desenvolvam a capacidade de usufruir destas vantagens.

Por favor, nunca digam que Deus condena vocês a nada. Mesmo se é desagradável, se vocês quiserem, orando, e pedindo, vocês receberão o esclarecimento de que vantagem que Deus está lhe dando aqui.

Às vezes, vantagem de dizer não. Porque quem diz não ao mal se fortalece no bem.

Há milhares de exemplos, mas eu peço que vocês busquem o exemplo na vida de vocês e se perguntem: que vantagem que Deus está me dando nesta situação. Se vocês orarem nós juntos de seu anjo guardião pegaremos vocês à noite, e explicaremos, e mesmo que não se lembre, quando menos esperar virá uma intuição muito poderosa, uma resposta…

É isto! Esta é a vantagem que Deus está me dando. Vou lutar com muita garra, determinação, e sim, vou extrair esta vantagem, porque é a vantagem que meu Pai, meu Criador, quer que extraia desta situação.

Muita paz,

Do amigo espiritual de sempre.

Categories: Nova Geração

O que você achou?