Nova Geração 286 – Mitologia e Influência Espiritual

Descrição: Estudamos a relação entre a mitologia antiga e os princípios espíritas segundo o diálogo de Allan Kardem em O Livro dos Espíritos.

Previous
Next

Livro dos Espíritos

Segunda Parte – Mundo Espírita ou Dos Espíritos 

Capítulo IX – Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal

Item 9 – Ação dos espíritos nos fenômenos da Natureza

Questão 537

Livros
Dos
Espíritos

537. A mitologia dos antigos está inteiramente fundada nas ideias espíritas, com a diferença de que consideravam os espíritos como divindades; ora, eles nos representavam esses deuses ou esses espíritos com atribuições especiais; assim, uns eram encarregados dos ventos, outros do raio, outros de presidir à vegetação, etc.; esta crença é destituída de fundamento?
“Ela é tão pouco destituída de fundamento, quanto ainda está muito aquém da verdade.”
a) Pela mesma razão poderia, então, haver espíritos que ha- bitassem o interior da Terra e presidissem aos fenômenos geológicos?
“Esses espíritos positivamente não habitam a Terra, mas presidem e dirigem, segundo suas atribuições. Um dia, tereis a explicação de todos esses fenômenos e os compreendereis melhor.”

Mensagem de encerramento

Queridos filhos e filhas, que o Cristo nos aqueça com o seu amor, com a sua ternura, porque ele é a luz do mundo, que orienta, esclarece e dá o calor nobre da alma!

Vamos conversar um pouco sobre isto, este assunto de vocês, que estão aqui refletindo. O que acontece? Nós, temos milhares de estudos prontos para apresentar para vocês, mas como vocês vão dialogar conosco se não estudam?

Adoro esta pergunta de Kardec, porque mostra isto. O que Kardec mostra na pergunta? Que estudou o tema que está perguntando. Ele já refletiu, estudou mitologia de muitos povos, já observou que não foi apenas em um ou outro povo que esta mitologia pode ser associada ao espírito. Ele fez um estudo amplo em um conjunto imenso. Isto prova que tem de estudar para perguntar a espírito sério. 

Este tópico, gostaríamos muito que vocês tivessem explorado mais. Vocês, movimento espírita. Vocês têm aqui, no Brasil, milhares de histórias interessantíssimas de seus indígenas. Ninguém estuda! Seria muito fácil conversar, inclusive, com muitos pajés que estão no plano espiritual e que preservam esta concepção. E vocês poderiam interrogá-los sobre isto. 

Mas o movimento do Espiritismo não interessa por estudo, então, se perde. Vocês poderiam entender muito de técnicas de Magnetismo, com estes espíritos. Como eles faziam o Magnetismo utilizando plantas, flores e frutos? Mas, coitado de espíritas, não estudam, são crianças de má vontade que estão sempre se recusando ao trabalho árduo e sempre muito dispostos na hora da brincadeira, na hora de aparecer, a hora do faz de conta fazer o que interessa à maioria: faz de conta que sou evoluído, faz de conta que sou importante, faz de conta que estou dominando esta reunião, faz de conta que sou um grande intelectual. É só brincadeira de fazer de conta. 

Entendemos que muitos não vão deixar de ser infantis, isso vai fazer parte, mas o que lamentamos é que ficam só no faz de conta. Por isto são crianças rebeldes, porque poderia acabar o intervalinho do faz de conta e poderiam estudar sério. E este clima de seriedade iria educando suas mentes doentes e vaidosas. E pouco a pouco, o faz de conta ia diminuindo, e em duas ou três encarnações seriam pessoas muito sérias, no melhor sentido do termo, com capacidade mental para penetrar nos profundos mistérios da criação.

Quantos de vocês conhecem trabalhos sérios de pessoas que discutiram com os seus indígenas desencarnados a concepção deles? Vocês têm medo disto! Ora, mas Kardec conversava com todos. Kardec, soube de seu nome por um espírito que havia vivido na região em que ele estava vivendo, há muitos séculos. E vocês não podem conversar com espíritos que viveram séculos atrás em Brasil, por quê? Por que não pode? Por que não pode também conversar com espíritos que passaram por este processo? Existem pajés muito evoluídos, que teriam muito a ensinar para vocês, das experiências passadas deles, das experiencias atuais. Mas vocês, desculpe-me, mas parece que tem muito medo! Sabe por quê? Por que isto pode atrapalhar o faz de conta de vocês, por que alguém pode na hora que estejam brincando de faz de conta de que sou importante, faz de conta de que sou muito evoluído, alguém pode dizer: ah… mas na sua reunião mediúnica vocês conversam muito com índio. Aí quebra a estupidez de vocês, né gente? Mas dá para fazer um esforço, para vocês tentarem.

Nós não queremos que vocês sejam espíritos superiores, queremos apenas que como espírito inferior, vocês abram um canal de comunicação com os espíritos superiores. Gostaríamos muito de ter grupos que estudam esta questão, a mitologia indígena do Brasil e de América do Sul, e ai traríamos os vários tipos de indígenas. Os obsessores, os trabalhadores e os sábios, e os guias espirituais destes povos. Eles ficariam contente em trabalhar como ajuda para mudar a estupidez de vocês. Eles ficariam muito felizes a ajudar a vocês crescerem.

Não é para vocês copiarem as práticas deles, que nem cabe. Nem é possível! Mas é como ensina Kardec: vocês estudarem quais eram os princípios que eles utilizavam. Apenas isto! Quais eram os recursos que eles tinham, não é para copiar, é para não ser ignorante. 

Kardec não copiou as práticas dos druidas, mas ele entendeu que existiu um princípio sábio. Kardec nesta questão não estava propondo seguir estas mitologias, mas entender os princípios sábios que estavam na mitologia. Mas, por que vocês não podem fazer isto? 

Na hora que escutam isto vão perguntar para o primeiro palestrante estúpido e ele vai dizer: ah… não pode, pois, isto não é Allan Kardec. Mas ele também não conhece! Então você está pedindo uma opinião de Kardec para alguém que não ama Kardec, que não o entende…. Como é que vocês vão se entender? Mais uma vez: um cego orientando outro cego em direção ao abismo que vão cair! 

Então, filhos, vamos ficar mais com Kardec e entender. Vamos diminuir o tempo que vocês dedicam ao faz de conta, filhos. Quem quiser ficar brincando de faz de conta, vai pagar seu alto preço, porque estão tornando o centro espírita em um palco de estupidez. E já os bons espíritos não vão mais estarem lá. 

Precisamos de ambiente de estudo sério! Mas, por favor, não saia daqui empolgado e amanhã vai criar um grupo que vai durar uma semana. Tem de estudar dezenas de livros. Estudar, ler e reler, meditar… Tem de ter um pequeno grupo. Tem de assumir compromisso com a esfera superior. Aí as coisas funcionam. 

Mas vocês querem fazer as coisas sem assumir compromisso para não atrapalhar o faz de conta. Mas tem que assumir, quem quer crescer. Quem quer assistência de bons espíritos tem de assumir compromisso sério com eles, de estudo, de horário, de disciplina. Isto é indispensável! Mas, garanto, já temos milhares de estudos. Temos muitos amigos que tem dezenas e dezenas de temas que adorariam trabalhar com vocês. Mas nestas condições! 

Não é receber um livrinho, uma informação, vou publicar que tenho de ser famoso e vender livro. Não! Espírito sério nunca vai trabalhar com isto, deste jeito. Mas é… Vou fazendo estudo ao longo de anos, vou produzir relatos, vou submeter a outras pessoas, a outras reuniões mediúnicas, a outros estudiosos, depois penso em divulgar ou não. Assim gostamos! Caso contrário nos distanciamos e lamentamos, naturalmente, porque gostaríamos de trabalhar mais. Adoramos trabalhar, isto nos dá mais vida, isto nos dá ânimo, isto é o nosso sentido de vida neste momento de transição. 

Queremos trabalhar o máximo possível, queremos ajudar vocês, porque a onda que vai vir vai ser terrível! E queremos dar a todos os instrumentos para que vocês atravessem as provações com a cabeça erguida, com dignidade e coragem, porque compreenderão com profundidade da vida.

Paz,

Do amigo espiritual de sempre.

Outros Programas

Categories: Nova Geração

2 thoughts on “Nova Geração 286 – Mitologia e Influência Espiritual

  1. Amigos aconteceu alguma coisa ??? Não tá aparecendo o vídeo no YouTube ! Gosto de compartilhar por lá pq algumas pessoas da minha família tem pacote pra usar YouTube a vontade! Espero que voltem logo !

    1. OI Sara, após enviarmos e-mails para os inscritos no módulo magnetismo, o gmail entendeu que seria spam e suspendeu nosso conta youtube e e-mail. Enviamos uma explicação e estamos aguardando uma solução.

O que você achou?