Nova Geração 293 – Desencarne Durante a Guerra

Previous
Next

Livro dos Espíritos

Segunda Parte – Mundo Espírita ou Dos Espíritos 

Capítulo IX – Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal

Item 10 –  Espíritos durante os combates

Questão 548

Livros
Dos
Espíritos

548. O espírito que assiste, impassível, a um combate, como espectador, é testemunha da separação da alma e do corpo? Como esse fenômeno se apresenta para ele?
“Há poucas mortes verdadeiramente instantâneas. A maior parte do tempo, o espírito, cujo corpo acaba de ser mortalmente golpeado, não tem consciência desse fato, a princípio; quando co- meça a se reconhecer, só então é que pode distinguir o espírito que se move ao lado do cadáver; isso parece tão natural que a visão do corpo morto nenhum efeito desagradável produz; tendo toda a vida se concentrado no espírito, só ele atrai a atenção; é com ele que conversam ou a ele que comandam.”

Mensagem de encerramento

Paz e alegria em vossos corações!

Fiquemos atentos, porque o mundo é um verdadeiro campo de batalha. Não sejamos os trabalhadores infiéis que desperdiçam tempo valioso, recurso divino, que o Cristo colocou em nossas mãos, perdendo tempo e perdendo-se, com intrigas, com calúnias, com busca de conquistas torpes, que necessariamente levam a disputas infelizes.

Irmãos, a morte é a maior bênção que um cristão pode almejar. Graças a misericórdia do Mestre, que eu sempre confiei toda a minha vida, sim, fui felizmente recebido no mundo espiritual e só tenho a agradecer.

Trabalhadores, guerreiros do bem, nutram uma certeza em vossos corações: o Mestre jamais desampara! Vossas dores, vossas limitações, são situações calculadas para que a vossa conquista seja gloriosa. Não existe devoto cristão que não receba atenção carinhosa de todos aqueles que seguem o Senhor do mundo, porque o Cristo é o verdadeiro Rei da Terra. É o comandante máximo, é o amigo mais generoso de todos. Confiemos sempre! Esse amigo jamais nos abandonará!

Muitos perguntam: por que o Cristo não aparece para mim? E eu vos digo: porque vós não suportareis. O Mestre deseja aparecer quando observa que isto será uma atitude que impulsionará o teu progresso. Jamais o Mestre apareceria para ti, se Ele  observa que esse encontro não te induziria a mais humildade, a mais amor, a mais ternura. É preciso que o teu coração se eduque na arte de servir, na arte de perdoar os que te caluniam, na arte de ser capaz de estender mão generosa àquele que sofre, mesmo quando tu sente que, talvez, a tua dor seja ainda maior. Essa é a proposta que o Cristo tem para todos nós! O desenvolvimento desta capacidade, de ao mesmo tempo, erguer-se como guerreiro poderoso e destemido, mas ao mesmo tempo, ser submisso servo da causa da luz. Ter uma consciência que te diz: vai! Se tu morrerdes, morrerás bem. Mas ao mesmo tempo, a mesma consciência em outra situação te dirá: cala-te! Perde essa batalha, porque é vontade do Senhor que tu perca essa batalha!

Irmãos, a luta é imensa! Há sabedoria em cada passo indispensável, porque estamos em imenso e confuso campo de batalha, e apenas saberá o caminho da vitória verdadeira aqueles que educarem o seu íntimo. Aqueles que despertarem a sua consciência ao ouvir a doce voz do renegado de Nazaré, que na cruz orava por nós. E que hoje, investido plenamente do poder do general vitorioso, guiará a todos os que se capacitarem ao ouvir o seu comando à vitória eterna.

Paz, do vosso irmão e amigo, 

Cairbar de Souza Schutel

Outros Programas

Nova Geração Apocalipse – Capítulo 19 – O casamento e o Cavaleiro Branco

1 Depois, escutei no céu um barulho como de uma grande multidão que dizia: Aleluia! Ao nosso Deus cabem a vitória, a glória e o poder, 2 porque são justas e certas suas sentenças. Porque sentenciou a grande prostituta que corrompeu o mundo com suas fornicações, e pediu-lhe contas do sangue dos servos dele.

Categories: Nova Geração

O que você achou?