Nova Geração Apocalipse – Selos

Selos - Apocalipse - Capítulo 6

Ouça o Nova Geração Apocalipse – Selos

Apocalipse, capítulo 6

1 E vi quando o Cordeiro abriu um dos sete selos e ouvi uma das quatro criaturas vivas dizer, como voz de trovão: “Vem!”.

2 E olhei — e eis um cavalo branco! E quem está sentado em cima dele tem um arco; e uma coroa lhe foi dada e saiu vencendo e para que vencesse. 

3 E quando [o Cordeiro] abriu o segundo selo, ouvi a segunda
criatura dizendo: “Vem!”.

4 E saiu outro cavalo, ruivo! E a quem está sentado em cima dele foi dado tirar a paz da terra, para que todos se degolem uns aos outros; e deu-lhe uma grande espada

Diálogo mediúnico

Queridos filhos, queridas filhas, 

Que o Cristo tranquilize nossos corações nos ensinando a ter a convicção de que o Mestre é sim o Rei da Terra e que Deus tudo provê a Ele para que Ele cuide de seus irmãozinhos, como Ele diz. 

Mantenhamos sempre a paz, sempre a confiança, porque não é necessário o temor, não é necessário o medo e é totalmente dispensável a covardia. Entendamos: estamos num exercício imenso no qual devemos sair fortalecidos em nome do Cristo que opera em nome do Criador.

Hoje convidei e ele aceitou com muita alegria participar de nossos estudos e programa, o querido amigo Cairbar, que tanto tem feito por esse processo de renovação cristã do mundo desde de certo tempo, digamos assim. Peço que acolham em seus corações a mensagem desse amigo querido, que vocês fiquem em paz, 

Do amigo espiritual de sempre.

                                                                 ***

Paz e alegria em seus corações,

Ele, o Amigo divino, o Cordeiro de Deus, o Rei do mundo, o Grande Leão dos profetas, há de nos proteger e nos guiar nessa batalha intestina que estamos envolvidos. Nunca desistir, jamais temer, é o lema dos cristãos devotados que seguem os passos do Grande Mestre, do Amado Rabbi, que veneramos com todas as nossas forças. 

Podemos ir para a pergunta.

Muito obrigada pela sua presença hoje. A nossa pergunta é: como podemos interpretar o símbolo do cavaleiro branco do Apocalipse de João?

Belas são as profecias antigas e um dia haveremos de ver no movimento espírita algo belo e nobre: um estudo dos símbolos que ligam Cristo e Kardec. Podemos vos afirmar que o cavaleiro e o cavalo branco, o indivíduo coroado, é o símbolo da cultura da Nova Geração, instituída por Allan Kardec que primeiro e o último da renovação cristã. 

Iniciou e concluirá todo o processo. Estaremos atentos a cada etapa desse processo. Ele se iniciou, atravessa sua fase mais obscura, que é sempre o anúncio do início de uma etapa vitoriosa. 

O Espiritismo tem por missão não formar seguidores de uma seita exclusivista, mas romper com todo sectarismo na cultura, inicialmente do Brasil. Caberá aos espíritas da Nova Geração os estudos aprofundados de o Novo Testamento buscando integrar, compreender e vincular a mensagem do Cristo às mais diversas interpretações religiosas do Ocidente. Porque o catolicismo em breve deixará muitos órfãos no mundo. 

O renascimento cristão é a missão da Nova Geração dando continuidade fiel a Codificação Espírita, sendo capaz de buscar pontos de acordo éticos e filosoficamente adequados, mostrando que o Cristo é o sol do mundo e cada um irá recebê-Lo segundo as suas particularidades, mas que todos podem e devem concordar com a Sua luz, com a Sua grandeza e, acima de tudo, nesse período de provas, sobre o Seu poder regenerativo. 

Não veremos mais entre os verdadeiros adeptos de todas as doutrinas discussões, disputas e anátemas, mas veremos, sim, veremos, a busca sincera de pontos de união e, acima de tudo, uma ação coletiva orquestrada pelo Mais Alto tendo como ponto de referência central e indiscutível Jesus de Nazaré. 

Entraremos agora na simbologia propriamente profética. O arco significa uma arma que atira longe, é o que deveis entender nesse instante. Porque o Espiritismo atingirá todo o mundo dentro dos padrões que acabo de explicar. 

Irá criar um paradigma, será um modelo, não apenas da integração, mas da ação coletiva da Humanidade. Uma vez sofrendo, as criaturas que querem buscar o bem, entenderão as verdades básicas do Cristo: imortalidade, amor, devoção.

Compreenderão após os estudos aprofundados de Kardec que a cruz é o caminho da ascensão espiritual, da verdadeira vida, e que os prazeres do mundo levam à morte segundo as expressões do Apocalipse, à morte espiritual. 

O indivíduo que atolar-se nos prazeres do mundo, ofertados cada vez mais intensamente, perderá a chance de integrar-se na escola do Cordeiro. Digo escola, porque todos nós ali podemos estar na qualidade de humildes aprendizes do Grande Mestre. 

A coroa é o símbolo da autoridade delegada pelo próprio Cristo a Allan Kardec. Ele é o Mestre indicado para educar a humanidade revoltada. Não pensem que a ignorância será o maior desafio, não. A ignorância em breve será varrida, porque as provas da imortalidade se tornarão mais abundantes, ainda mais. Porém veremos o fenômeno da revolta, da não aceitação da moral do Cristo, dentro e fora do movimento espírita. 

Serão espíritos que não conseguirão mais fingir a bondade de fachada, pois serão convocados de forma objetiva: acolhe teu irmão, ampara o sofredor, e, neste momento, o fingimento não mais se sustentará. 

A doutrina que vai longe irá também ferir aqueles que são falsos. Serão feridos no coração e sangrarão e sofrerão, e os que se curvarem ante a grandeza de Deus, aceitando a própria pequenez, serão salvos, porque o cavaleiro branco sempre irá ferir e cada um irá decidir. Mas essa ferida não é a da guerra, é a ferida da Verdade, da luz da Verdade que ofende os olhos desacostumados, que faz o coração revolver os sentimentos impuros e sair e eliminar tudo o que é espúrio.

Entendamos, isto hoje acontece de forma inegável. Tudo acontecerá muito rápido. A partir do século XIX, disse o Cristo a João, a partir do renascimento do cristianismo, a partir da abertura do selo e da apresentação do cavalo branco com seu cavaleiro. Tudo acontecerá em uma velocidade extraordinária, porque a renovação será imposta por Deus.

O que o Mestre amado faz não é expor meramente uma opinião. O que o Cristo, o Cordeiro sublime, o Leão extraordinário revela a João, e depois a toda a humanidade, são os planos de Deus, perfeitos e imutáveis, e pede que João avise: tudo ocorrerá em velocidade estonteante, extraordinária. 

Acontecimentos sublimes e acontecimentos torpes se misturarão. As cores [cores dos cavalos], para aqueles que não tiverem uma decisão clara, formarão algo tão confuso que poderão levar até a loucura. Onde você está? A quem você segue? Você serve a Deus? São questões que os acontecimentos intensos obrigarão a todos a responder de forma ou outra.

Irmãos, mais uma vez se prova a misericórdia de Deus para com a Humanidade sofredora. A partir deste primeiro selo a Humanidade entrou em uma rota aceleradíssima de transformações conduzidas por forças antagônicas: a paz, a guerra, a ganância, o ódio e todas as consequências psíquicas e emocionais que isso gera, as doenças e as crises sociais. 

Um é o cavaleiro da luz, três são seus oponentes. Acima de tudo, a vontade de Deus seguida pelo Mestre. Compreendamos: estamos no momento do Apocalipse mais delicado. 

Sejamos nós os seguidores do Cristo guiado por esse poderoso cavaleiro que irá nos proteger, nos guiar e nos indicar o caminho da ascensão espiritual.

Paz,
De vosso irmão e amigo,
Cairbar Schutel.

As sete comunidades a que se refere o Apocalipse localizam-se na Ásia menor (hoje, Turquia) e são próximas umas das outras.
A ilha de Patmos, onde se acredita que o apóstolo João recebeu a revelação.

O Livro dos Espíritos

243. Os espíritos conhecem o futuro?

“Isto depende, ainda, do aperfeiçoamento deles; frequentemente, eles apenas o entreveem, porém nem sempre lhes é permitido revelá-lo; quando o veem, parece-lhes presente. O espírito vê o futuro mais claramente, à medida que se aproxima de Deus. Depois da morte, a alma vê e abarca, num piscar de olhos, suas migrações passadas, mas não pode ver o que Deus lhe prepara; para isso, é
preciso que ela esteja  inteiramente integrada a ele, após muitas existências.” 

a) Os espíritos que chegaram à perfeição absoluta têm um conhecimento completo do futuro?
“Completo não é a palavra, pois só Deus é o soberano Senhor e ninguém pode igualar-se a ele.”

 
Ruínas históricas das cidades citadas no Apocalipse
Previous
Next

5 thoughts on “Nova Geração Apocalipse – Selos

  1. Oi Cristina,
    Foi inserido o trecho comentado aos 30 minutos. Não o havíamos colocado pois o trabalhamos no programa seguinte, Nova Geração Apocalipse – Segundo Selo.

    Agradecemos o aviso.
    Abraço!

  2. Bom, curiosamente continuei a ouvir o áudio, pois aos 30 minutos quando ele começa a ler e não vi o texto, eu parei de ouvir porque gosto de acompanhar o áudio com a leitura….mas após essa resposta de vcs fiquei curiosa e questionando o que foi que eu não havia entendido e decidi terminar de ouvir o áudio após os 30 minutos. Foi então que entendi que era apenas um esboço da próxima leitura mas sem desenvolvimento… Ok, acho que pra não confundir o leitor podemos apagar este diálogo todo, que tal? Obrigada pela atenção.

  3. Infelizmente eu não soube me fazer entender. Vamos lá: aos 30 minutos do áudio o Carlos recomeça a ler o texto assim: “E quando o cordeiro abriu o segundo selo ouvi a segunda criatura dizendo “VEM” e saiu outro cavalo(..) etc etc etc…Mas não tem esse texto.
    Que o segundo e terceiro selos serão trabalhados nos programas seguintes eu não tenho dúvida. Por isso eu escrevi 2 “itens” e não 2 “selos”. Permanece faltando texto. Grata pela atenção.
    Maria Cristina.

  4. Olá, o Carlos explica que aqui seriam estudados 3 selos, mas o texto que está publicado só tem 2 itens do capítulo 6.
    Aproveitando, obrigada, amigos, estou gostando demais desse estudo!

    1. Oi “Feminino”! O segundo e terceiro selos são trabalhados nos programas seguintes. Obrigado pelo incentivo!

O que você achou?