Nova Geração Apocalipse – Capítulo 6 – Sexto Selo

Sexto Selo, capítulo 6

Ouça o Nova Geração Apocalipse – Sexto Selo

Apocalipse, capítulo 6

12 Quando abriu o sexto selo, vi ques obreveio um violento terremoto, o sol se tornou preto como lona de crina, a lua inteira como cor de sangue,

13 caíram as estrelas do céu na terra,  como solta figos um figueira sacodida pelo furacão.

14 O céu se retirou como um rolo que se enrola, montanhas e ilhas se deslocaram de seus lugares.

15 Os reis do mundo, os nobres e os generais, os ricos e os poderosos, todos os escravos e livres esconderam-se em grutas e cavernas de montes.

16 e diziam aos montes e pnenhascos: Caí sobre nós e escondei-nos daquele que senta no trono e da ira do Cordeiro. 

17 Porque chegou o dia solene de sua ira, e quem poderá ficar de pé?

Bíblia do Peregrino, capítulo 6

Diálogo mediúnico

Queridos filhos, queridas filhas,

O Cristo, esse Mestre e amigo, esteja conosco, porque nada, nenhum desafio deve nos assustar se estamos vinculados ao grande Cordeiro de Deus.

Podemos iniciar, minha amiga.

Estamos muito felizes com a sua presença hoje. A nossa pergunta é: como entender os acontecimentos sociais descritos com a abertura do sexto selo?

São os mesmos que foram alertados a Allan Kardec. Qual o resultado objetivo, no sentido de que vocês podem inclusive medir, deste contexto social que vocês explicaram muito bem: o suicídio.

Ora, o suicídio é um ato de perca total de referenciais. Uma dor, uma confusão tão imensa que a vida, como vocês dizem, perde o sentido. O que é perder o sentido se não estar em profunda confusão mental? Como vocês dizem “ah, perdi os meus sentidos, não sei para onde vou”. 

Por isso, Espíritos puderam dizer a Kardec: quando o Sol escurecer, a Lua escurecer, montanhas e ilhas, todas as referências maiores forem perdidas, a consequência vai ser o aumento imenso de suicídio. É o que acontece hoje, porque não se tem referência. Isto é o principal que acontece.

Alguma dúvida, filha, sobre isso?

 Não.

Há outras coisas também.  

Porque a Nova Geração vai atuar neste momento como temos dito. Vocês terão – olha que interessante, simbolicamente – claro: as luzes e as referências se apagam, ficam todos na escuridão, mas Deus é misericordioso. O que faz? O que faz? Manda luzes para viver entre vocês. Olha que bonito. 

A maldade humana fez que fossem ocultos todos os referenciais e Cristo olha e diz: meus irmãozinhos ficarão totalmente perdidos, foram eles que resolveram perder os referenciais, não posso violentá-los e simplesmente não permitir que eles façam isso, mas eu posso socorrê-los enviando os meus seguidores que são iluminados, que são estrelas, para viver no meio deles. 

Veja que bonito se você entende o trecho lido aqui de O Genesis, porque tem sol, lua e estrelas. Se o sol e se a lua foram apagados, as estrelas, que são o exército do Cristo vêm para o mundo para que vocês não pereçam pelas trevas. 

Isto é muito bonito, filhos, porque já estava organizado desde a criação. Cristo sabia: eles vão acabar perdendo o sol e a lua, eles vão acabar perdendo as maiores referências, então eu vou pegar as menores, mas você vai dizer: ah, mas se as maiores não serviram, porque as menores vão servir? Porque eu vou colocar as menores ao lado deles. Olha que lindo. Olha que bonito, olha que carinhoso, olha que atitude de imensa ternura. Já que eles vão perder o sol e a lua eu vou colocar para caminhar ao lado deles as estrelas. É isso que vai acontecer agora muito em breve. As grandes referências estão perdidas. 

Em breve, as estrelas que são menores no sentido simbólico em relação ao sol e a lua, mas vão brilhar mais fortes, por quê? Porque estão próximo. Não é verdade isso? O que brilha mais forte: a lua ou uma poderosa fogueira que você acende ao seu lado? Então, filhos: é isso que vai acontecer e é isso que nós queremos que vocês entendam para que vocês fiquem preparados. 

Não busquem mais as grandes referências sociais, elas estão ficando cada vez mais escuras. Vocês precisam educar a percepção de vocês para perceber o trabalho das estrelas. 

É preciso se perguntar: quem está agindo com verdadeira abnegação? Porque a estrela, ela vai poder iluminar uma parte, ela não vai iluminar tudo. Portanto, talvez não seja reconhecido por todos, pelo menos de início. Até, observe como será: teremos estrelas em vários lugares e elas iluminarão apenas num determinado raio, num determinado círculo, determinado perímetro. Vocês não ficarão na escuridão total, mas terão apenas esses guias localizados. Mas depois, olha que lindo, a luz dela vai se ampliando e chegará um momento em que as luzes localizadas dessas estrelas elas serão integradas. E o que acontecerá? Elas iluminarão tudo. Elas trarão à tona a compreensão de tudo que está acontecendo, elas mostrarão a verdade.

Não será um missionário, será a integração de milhares de estrelas. Feitas por quem? Já tá dito: pelo Cordeiro. E esta integração de milhares de estrelas trará uma luz poderosíssima que irá incomodar todos os quem têm pacto com as trevas. 

Não só os reis, não só os nobres, não só os poderosos generais, mas também todos aqueles que, mesmo sendo pessoas comuns, pactuaram com as trevas, dentro e fora do movimento espírita, dentro e fora de outras congregações, dentro e fora de clube científico, dentro e fora de centros de estudo, todos. Tudo ficará exposto. Imagine o que é isso.

Por isso são tempos de grandes angústias, porque a verdade será apresentada a todos. A todos. Nada ficará oculto. E imagine o constrangimento de todos que se acomodaram com pactos com os mundos inferiores que rodam a Terra. Esse constrangimento fará com que eles queiram fugir, queiram esconder-se e isto será doloroso porque todos verão pessoas que gostam nesta situação calamitosa. É isso que falamos que será uma provação intensa. 

Não é o desabar de uma montanha simplesmente. É ter que ver a luz da verdade. É ter que conviver com a verdade próxima e isso irá esmagar os orgulhosos, e isso irá desmascarar os mentirosos. Os ímpios sofrerão profunda angústia.

Espero ter explicado a pergunta do aspecto social. Existe muitos outros aspectos que, à medida que formos perguntados, iremos explicando para vocês. Mas entendam, tudo isso é feito com muita energia do Cristo. Por isto a palavra “ira”, mas não é para simplesmente maltratar. É essencialmente parar curar, como ensina Allan Kardec. 

O Mestre irá conduzir tudo isso como um médico que conduz um paciente para tratamento extremamente desgastante e doloroso, mas com a certeza que irá curar e gerar paz e consolo para seu irmãozinho. Entendamos: a ira que se refere João é uma energia poderosíssima que irá purificar todos aqueles que se submeterem ao Senhor deste mundo.

Paz,

Do amigo espiritual de sempre.

As sete comunidades a que se refere o Apocalipse localizam-se na Ásia menor (hoje, Turquia) e são próximas umas das outras.
A ilha de Patmos, onde se acredita que o apóstolo João recebeu a revelação.

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - PREFÁCIO

Os Espíritos do Senhor, que são as virtudes dos céus, como um imenso exército que se movimenta, ao receber a ordem de comando, espalham-se sobre toda a face da Terra.
Semelhantes a estrelas cadentes, vêm iluminar o caminho e abrir os olhos aos cegos.
Eu vos digo, em verdade, que são chegados os tempos em que todas as coisas devem ser restabelecidas no seu verdadeiro sentido, para dissipar as trevas, confundir os orgulhosos e glorificar os justos.
As grandes vozes do céu ressoam como o toque da trombeta, e os coros dos anjos se reúnem. Homens, nós vos convidamos ao divino concerto: que vossas mãos tomem a lira, que vossas vozes se unam e, num hino sagrado, se estendam e vibrem, de um extremo do Universo ao outro.
Homens, irmãos amados, estamos juntos de vós. Amai-vos também uns aos outros e dizei, do fundo de vosso coração, fazendo a vontade do Pai que está no Céu: “Senhor! Senhor!” e podereis entrar no Reino dos Céus.
O Espírito da Verdade

Livro Gênesis ( Bíblia )

14 Deus disse: “Que haja luzeiros no firmamento do céu para separar o dia e a noite; que eles sirvam de sinais, tanto para as festas quanto para os dias e os anos; 15 que sejam luzeiros no firmamento do céu para iluminar a terra” e assim se fez. 16 Deus fez os dois luzeiros maiores: o grande luzeiro para governar o dia e o pequeno luzeiro para governar a noite, e as estrelas. 17 Deus os colocou no firmamento do céu para iluminar a terra, 18para governarem o dia e a noite, para separarem a luz e as trevas, e Deus viu que isso era bom. 

Bíblia de Jerusalem   (1 : 14-17)
Ruínas históricas das cidades citadas no Apocalipse
Previous
Next

O que você achou?