Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão – 568 e 569 – Muitas Tarefas no Mundo Espiritual

Previous
Next

Livro dos Espíritos

Segunda Parte – Mundo Espírita ou Dos Espíritos 

Capítulo X -Ocupações e missões
dos espíritos

Livros
Dos
Espíritos

568. Os espíritos, que têm missões a cumprir, as cumprem no estado errante ou no estado de encarnação?
“Podem tê-las num e noutro estado; para certos espíritos errantes, é uma grande ocupação.”
569. Em que consistem as missões de que podem ser encarregados os espíritos errantes?
“Elas são tão variadas que seria impossível descrevê-las; aliás, há algumas que não podeis compreender. Os espíritos executam as vontades de Deus e não podeis penetrar em todos os seus desígnios.”
As missões dos espíritos têm sempre o bem por objeto. Quer como espíritos, quer como homens, são encarregados de auxiliar o progresso da Humanidade, dos povos ou dos indivíduos, num círculo de ideias mais ou menos amplas, mais ou menos especiais, de preparar os caminhos para determinados acontecimentos, de velar para o cumprimento de certas coisas. Alguns têm missões mais restritas e, de alguma forma, pessoais ou inteiramente locais, como assistir os enfermos, os agonizantes, os aflitos; velar por aqueles de quem se tornaram os guias e os protetores, dirigi-los, através dos seus conselhos ou através dos bons pensamentos que lhes sugerem. Pode-se dizer que há tantos gêneros de missões, quantas espécies de interesses a assegurar, tanto no mundo físico, quanto no mundo moral. O espírito se adianta, segundo a maneira pela qual cumpre sua tarefa.

Mensagem de encerramento

Filhos e filhas, queridos e amados!

Fiquemos nós com o coração confiante de que nunca faltarão bons espíritos para nos amparar, desde que queiramos. Precisamos buscar estes amigos. Precisamos convidá-los diariamente, a estarem conosco a cada hora, minuto, segundo. Precisamos ao acordar pedir: bons espíritos, fiquem comigo ao longo do dia, me ajudem em minha dificuldade, me protejam de ser tomado por sentimentos inferiores.

No momento de aflição e mesmo de tentação, o melhor a fazer é orar. Não ter vergonha e abrir o coração e dizer: amigos, estou sentindo isto… Não penso que seja coisa boa. Por favor, me tragam paz, me tragam lucidez, me socorram. E insistir até que o socorro se efetive. Isto não pode ser esquecido, pois todos vocês em mundo tão inferior são muito expostos ao mal.

Esta é a grande prova da encarnação – a maior de todas: estar na Terrar é estar exposto às influências do mal, a cada dia. A cada instante! Por isto é tão árduo o trabalho que é por isto que todos vocês podem receber imenso apoio, pois nós sabemos que a luta é muito dura, mas para isto, necessitam pedir, precisam querer. Espíritas entendem, mas não fazem. Oram uma, às vezes duas vezes por dia, mas uma prece tão miserável que dá pena… Cadê a fé, convicção profunda, precisa disto! Precisa elevar-se para que nós tenhamos acesso para ajudar cada vez mais vocês. Porque quanto mais melhoram o padrão vibratório da prece, mais nossas energias penetram profundamente o psiquismo de vocês.

Espíritas sabem! Mas não fazem na prática. Por isto pedimos, avisamos: se querem a companhia dos bons espíritos aprendam com convicção a elevar o padrão espiritual. Abrir o coração, todo o dia. Ao menos algumas vezes ao dia… Porque senão, se não houver isto vai ser envolto por trevas e é uma opção que pela lei de Deus nós respeitamos. Não vamos ficar brigando com obsessor para livrar vocês, se vocês é que o alimenta… Então esperamos, quando oram com convicção, começamos a ajudar. Mas se orar algumas vezes, todos os dias, poderemos ajudar muito e sempre ajudamos… Quando vemos alguém verdadeiramente compromissado. Não quero dizer perfeito. Quero dizer disposto, dedicado, fazendo o que pode… O resto nós fazemos, mas necessitamos desta base, que vocês se abram com convicção ao mais alto e nós estaremos com vocês.

Um dia, vocês verão a importância da prece. Compreenderão como Deus não desampara ninguém. Vocês tem um recurso poderosíssimo, a prece. Em suas ocupações e em seus prazeres, que necessitam ser usada. E um dia dirão: meu Deus! Como pude me sentir desamparado, se o Senhor me deu o poder da prece. Se o Senhor deu a autorização de milhares de espíritos superiores de me ampararem, desde que eu orasse com fé. Muitos vão dizer: perdoe-me Deus. Desprezei o recurso da prece! Mas a vocês digo: se vocês usarem, um dia dirão: obrigado meu Deus! Salvei a mim mesmo, pois utilizei o recurso da prece que o Senhor me deu.

Utilizem, filhos, sem medo, com uma convicção profunda e nós estaremos sempre ao lado de vocês!

Que vocês fiquem em paz, do amigo espiritual de sempre.

Outros Programas

Categories: Nova Geração

O que você achou?