Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão – 578 e 578a – Possibilidade de Fracasso

Livro dos Espíritos

Segunda Parte – Mundo Espírita ou Dos Espíritos 

Capítulo X -Ocupações e missões
dos Espíritos

Livros
Dos
Espíritos

578. O Espírito pode falir na sua missão, por sua culpa?
– Sim, se não for um Espírito superior
578-a. Quais são para ele as conseqüências?
– Terá de reiniciar a tarefa; está nisso a punição; depois, sofrerá as conseqüências do mal que tenha causado.

Mensagem de encerramento

Queridos filhos, queridas filhas, Jesus aqueça os nossos corações, ante os falsos profetas que querem liquidar com as práticas da verdadeira caridade  

O tema é importantíssimo, filhos. Não cabe a vocês ficarem preocupados com a missão de ninguém, mas, sim, preocupar-se muito com a própria missão. Como diz o Cristo: não fique preocupado com o argueiro do outro, no olho, preocupe-se com a sua trave, com que está em você. Olhe para a sua tarefa! Isto é fundamental. Pede a Deus consciência. Minha tarefa preciso fazer, não interessa se fulano elogia, se fulano diz que não é, que diz que não pode… Não interessa! 

Sua tarefa diante de Deus, perante a sua própria consciência, filhos. Ninguém no plano espiritual, falo dos bosn Espíritos, vai lhe acusar de nada, mas a sua angustia será um verdadeiro inferno se você não cumprir a sua tarefa, filho. Então, vamos ficar atentos a isto. Porque sem o complemento dos deveres básicos, das tarefas principais, não terá paz.  

Não que alguém lhe acuse, mas a sua angustia será horrível. Vamos agora imaginar o seguinte: se você tivesse que avaliar segunda a sua própria consciência, como anda o seu desempenho? Os espíritas fogem desta questão, mudam de assunto. Mas, eu peço que você não fuja. Como está? O que sua consciência diz? Sem fantasias dentro de suas limitações, de suas dores, dentro de sua angustia, dentro de toda a sua realidade, como você está, filho? Como está hoje? Como? Por favor, pense, filho. Falta algo, está tudo bem, basta continuar? Precisa melhorar um pouco? Está tudo errado, precisa fazer tudo do zero? Faça este exame com você, não peça opinião de outros. Primeiro o seu coração deve ser examinado por você. Avalie-se com generosidade, mas também com seriedade.  

O que posso pedir hoje, para espíritas, é isto. Esqueça tudo ao seu redor e avalie a sua consciência com o que já sabe. Faz isto uma, dez vezes, e uma lucidez vai começar a brotar do seu ser, porque na hora que você faz isto com honestidade, esferas superiores começa a olhar para você diferente, porque não queremos santos, não queremos isto porque se eu quisesse santo não pisava na Terra repleta de Espíritos inferiores. É boa vontade que se quer. Eu quero boa vontade, coragem, disposição. Ora, isto você pode ter independente de grau evolutivo, de erros. Isto precisa ter!  

Então, filhos, façam isto! Excelente começo! Faz isto, avalie a você mesmo, com serenidade e seriedade. E a partir disto começa a traçar plano, pouco a pouco de tudo que você sabe, sente, intui. Que precisa fazer, mas sem tolice… Tenho de construir um castelo… ah… cadê a pedr? Coloca hoje, bota uma pedra… Vai atrás de pedra, medir terreno, não com tolice. Passo a passo… Pequenas tarefas, uma de cada vez… Uma tarefa por vez, como até o Cristo fez. Passo a passo. Cada coisa no seu momento, mas todo o dia faça alguma coisa… Ah, mas hoje não tem nada, impossível fazer alguma coisa pela minha tarefa. Mentira! Pode fazer uma prece por ela: Senhor, hoje sou médico de plantão. Vou trabalhar 12 horas direto, não vou poder parar e talvez fique até mais, porque a situação está muito grave, mas peço, Senhor, que abençoe aquela outra tarefa que hoje não vou poder me dedicar… Senhor, hoje, não vou poder me dedicar a mais nada, pois vou ficar aqui, mas tenho outra tarefa que também é muito importante para mim. Não poderei fazer. Mas lhe suplico, abençoe esta tarefa. Pronto! Já fez algo, já evocou energias superiores para a outra tarefa. 

Entendam, filhos. Isto é muito importante, então, todo o dia: ah.. Minha tarefa central é ser médium, mas sou médico e hoje estou aqui, não tem jeito, não vou pensar muito, porque trabalho em platão… Chegam pessoas assim, assim… Vou ter 12 horas de cirurgia. Mas diga: Senhor, hoje não posso fazer a minha outra tarefa, que é, por exemplo, de psicofonia, que é a minha missão. Então lhe peço, Senhor, abençoe também a minha tarefa de psicofonia. Entende como é diferente dste desprezo que hoje as coisas são tratadas? Nós precisamos disto: pessoas com muita garra, disposição, pois a terra dura de Deus vai tocar estas pessoas que tem disposição sincera, eu garanto.  

Quero encerrar falando uma pequena coisa: um dia estava andando, caminhando em corredor de hospital, e uma criança estava chorando… Fui saber o que era e entendi, que a mãe dela estava tendo um ataque cardíaco. Estava muito mal. Pude olhar aquela mãe e fazer uma prece. Consolei a criança, dei para ela algo agradável para comer e prossegui a minha vida ocupada e atarefada. Quando desencarnei, pude entender o que havia feito. Aquela criança, mal vestida, ali tão frágil, era um Espírito iluminado. E graças a ele, pude avançar muito em tudo o que fazia. O que isto tem haver com a lição? Muito! Porque a minha missão era cuidar de todos os que sofriam. Se não houvesse feito aquilo, minha missão não teria sido tão boa. E ele disse: sim, se você for capaz de parar e socorrer uma criança, eu quero que saiba mais coisas… E este Espírito me abençoa até hoje.  

Que vocês fiquem em paz, 

Do amigo espiritual de sempre.  

Outros Programas

Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão 585 – Os Três Reinos

O que os Espíritos pensam da divisão da Natureza em três reinos, ou melhor, em duas classes: a dos seres orgânicos e a dos inorgânicos? Segundo alguns, a espécie humana forma uma quarta classe. Qual destas divisões é preferível?

Categories: Nova Geração

O que você achou?