Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão 589 – Plantas Carnívoras

Previous
Next

Livro dos Espíritos

Segunda Parte – Mundo Espírita ou Dos Espíritos 

Capítulo XI – Os Três Reinos

Livros
Dos
Espíritos

589. Certas plantas, como a sensitiva e a dionéia, por exemplo, têm movimentos que acusam uma grande sensibilidade, e em alguns casos uma espécie de vontade, como a última, cujos lóbulos apanham a mosca que vem pousar sobre ela para sugar-lhe o suco, e à qual ela parece haver preparado uma armadilha para a matar. Essas plantas são dotadas da faculdade de pensar? Têm uma vontade e formam uma classe intermediária entre a natureza vegetal e a animal? Constituem uma transição de uma para a outra?
– Tudo é transição na Natureza, pelo fato mesmo de que nada é semelhante e no entanto tudo se liga. As plantas não pensam, e por conseguinte não têm vontade. A ostra que se abre e todos os zoófitos não têm pensamento: nada mais possuem que um instinto natural e cego,
O organismo humano nos fornece exemplos de movimentos análogos, sem a participação da vontade, como as funções digestivas e circulatórias. O piloro se fecha ao contato de certos corpos, para negar-lhes passagem. O mesmo deve acontecer com a sensitiva, na qual os movimentos não implicam absolutamente a necessidade de uma percepção, e menos ainda de uma vontade. (Comentário de Allan Kardec).

Mensagem de encerramento

Queridos filhos, queridas filhas,
Que o Mestre esteja conosco nesse instante, presente em nossas vidas e corações, nos ensinando a compreender cada vez mais o que vocês já entendem, ou começam a entender: a vida em sentido amplo é uma transição extraordinária para uma felicidade indescritível para vocês.
Filhos, há uma transição que eu peço que vocês busquem: transição de consciência. Consciência tacanha, materialista, para uma consciência espiritualizada. Não adianta falar do bem, do amor, da paz se o teu padrão de consciência não está em um processo de transição para o Mais Alto. Não importa que você não seja evoluído, importa e muito se a tua consciência está se direcionando para Deus ou para as trevas. A transição, a mudança, ocorrerá. Teu livre arbítrio será determinante. Que tipo de transição você está se conduzindo? Que tipo de objetivo você vai alcançar? Não interessa o que diz, decide é o que se faz.
Então, pensemos, hoje, em dez anos tudo o que tenho vai ter mudado muito. Muito. Não interessa. Muito. Como eu quero que minha consciência esteja? Como eu quero que a minha compreensão da vida esteja? Como eu quero ser? E, principalmente, o que faço hoje para que em dez anos eu atinja o que tô dizendo que quero? O que faço a cada dia para que as mudanças que fatalmente ocorrerão sejam em direção ao Mais Alto. Não basta falar, não basta frequentar centro espírita, é preciso realizar uma profunda transformação íntima, verdadeira, sensata e muito corajosa.
Filho, você não vai escapar da transição do desencarne, da morte, não vai. Como você vai querer estar nesse momento? Como você vai querer estar após a transição do desencarne? Como, filho? Como? Fundamental. A percepção de que tudo se transforma é a chave para guiar a própria vida. Porque o indivíduo que sabe “nunca ficarei como estou, mas eu posso direcionar a minha transformação”. É um aspecto específico, muito específico, do conceito dado na Codificação. Porque esse conceito abrange muito mais. Planetas, sistemas solares, galáxias. Muitas galáxias. Então é tudo mais grandioso do que vocês podem conhecer, mas para isso vocês precisam realizar a primeira transformação que é uma ampliação verdadeira de consciência. Não percam tempo com fofocas, tolices “quem é mais, quem é menos”, estupidez. Dediquem-se. “Eu estou me transformando o suficiente?”, isto é muito importante. “Eu estou orando com a fé que sei que devo ter ao orar? Se não, vou treinar até conseguir. Treino, treino, treino. Consigo perceber presença de anjo guardião? Se não, treino. Treino e treino”.
Filhos, o mundo está numa transição terrível, dolorosa, que levará ao patamar superior, mas só irá para esse patamar quem se transformar também em um patamar superior. O mundo se eleva por força de Deus, mas cada um que queira permanecer nesse mundo elevado tem que elevar-se a si mesmo para que mereça a coroa da paz por muito ter amado e sofrido pelos seus irmãos.
Paz,
Do amigo espiritual de sempre.

Outros Programas

Categories: Nova Geração

O que você achou?