Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão 640 – Aproveitar-se do mal

Livro dos Espíritos

Terceira parte – As leis morais

Capítulo I – A lei natural

Item  –  O bem e o mal

Questão 640

640. Aquele que não faz o mal, mas que se aproveita do mal praticado por um outro, é tão culpado quanto este?

“É como se o tivesse cometido; tirar proveito do mal é participar dele. Talvez tivesse recuado diante da ação; mas se, encontrando-a feita, dela se utiliza, é porque a aprova e que ele próprio a teria feito, se tivesse podido ou se tivesse ousado.”

Mensagem de encerramento

Queridos filhos, queridas filhas. Que a paz do Cristo toque nossos corações de forma a nos dar muita lucidez emocional, ou melhor, para que as nossas emoções permitam que a nossa mente se torne lúcida.

Vamos abordar esse tema sob um aspecto totalmente diferente do que vocês têm discutido até aqui.

Existem imensas correntes de migração espiritual da terra, e não tenham dúvida, nós, que estamos trabalhando ativamente no processo de migração espiritual, podemos assegurar a vocês: existe um grupo imenso de espíritos classificados como espíritos provocadores do mal. Mas há grupo muito, muito maior e este grupo vai praticamente todo para o mesmo planeta, porque vão precisar conviver muito, porque são os espíritos usufruidores do mal. Eles não têm coragem de fazer o mal porque precisam da máscara da hipocrisia. Mas eles querem, sim, que o mal seja feito de tal forma que eles usufruam do mal, se possível legalmente.

Olha que coisa curiosa. São espíritos legalistas, são espíritos que defendem a correção de tudo. São espíritos que dão lição de moral. São espíritos que nós entendemos que têm raízes no farisaísmo. Esses espíritos que eu estou lidando, particularmente com esse grupo, é uma multidão. São eles que votam e apoiam nos grandes criminosos legais. Eles têm essa marca curiosa. Eles querem que tudo seja feito dentro de legalidade para que eles usufruam em paz e para que eles tenham uma honra social.

Vejam como espírito inferior tem variações muito curiosas. Esse grupo imenso, que está inclusive saindo de Brasil, pátria do evangelho, está sendo retirado nesse instante. O que eu digo nesse instante? Estamos esperando algumas levas de desencarne para concluir este grupo. Segundo a ordem do Mais Alto, esse grupo não poderá jamais voltar para a terra da promissão no próximo milênio.

Serão pelo menos mil anos de exílio doloroso. Porque esses são os que mais confundem, filhos. Porque quando você vê um bandido armado com fuzil, com uma faca e tomando algo de alguém, não tem dúvida, é um bandido, é um ladrão. Mas como é difícil para o povo simples, de pátria do evangelho, entender que aquele indivíduo de aparência austera, de palavras muito firmes, de defesas muito enfáticas, ele está sendo apoiado por uma multidão de ladrões que se apresentam numa sociedade de forma legal. 

E o Cristo achou que isso era demais para seus irmãozinhos. E o Cristo disse que estes não poderão participar de mundo de regeneração na sua fase construtiva porque eles mentem muito e eles enganam muito. Então, se existe alguma possibilidade para os criminosos confessos que se arrependam de maneira muito amarga e sincera, não existe mais possibilidade de reencarne para esses que apoiam o crime, para usufruir de forma legal, para usufruir de forma legalmente aceita e às vezes socialmente justificada. E dentre esses, filhos, há bastante espíritas que estão totalmente envolvidos no processo de usufruir do mal. Porque eles sabem que estão apoiando coisas erradas, mas para eles tudo bem porque eles vão usufruir de forma legal e eles se enganam a si mesmos. E eles se tornam espíritos sem luz, sem ternura, sem lucidez e ficam se auto enganando, achando que vão desencarna e vão para um lugar muito bom porque para eles há muito sofrimento na vida. Claro que há, mas o sofrimento deles é o sofrimento de uma consciência que pesa. É o sofrimento de uma consciência que começa a arder de sofrimento, de alguém que começa dar-se conta que não ficará mais nesse mundo. 

Portanto, queridas filhas e queridos filhos, isto é um alerta amigo. 

Não apoiem o mal de forma alguma. Não apoiem o erro. 

Não apoiem o crime. Não apoiem o aborto. Não apoiem pena de morte. 

Não apoiem leis injustas.

 Não apoiem nada disso porque vocês serão gravemente responsabilizados e isso pode decidir a permanência ou não de vocês em pátria do evangelho. 

É apelo que fazemos a aqueles que querem trabalhar ao nosso lado sob a direção máxima do Cristo e seus espíritos auxiliares mais diretos. 

Não tentem usufruir do mal. Não tentem vincular-se ao mal porque o Cristo quer que o amor floresça no teu coração, mas se você ataca tão gravemente a pátria do evangelho você não se tornará minimamente digno de permanecer nela. E isto é motivo de tristeza para todos nós, porque nós queremos, sim que você participe da construção do amor neste mundo já tão sofrido.

Paz, do amigo espiritual de sempre.

Uma resposta para “Nova Geração Livro dos Espíritos – Questão 640 – Aproveitar-se do mal”

O que você achou?

%d