Missão Reencarnatória – Conceito – Encontro 12

O tema missão é dos mais importantes do ponto de vista do crescimento emocional. Apenas quando cumprimos, com um bom grau de acerto, nossa missão estamos caminhando para Deus. Isso é algo tão grave que levou a Jesus a dizer que as minhas ovelhas ouvem minha voz e me seguem (João 10:27). Vocação significa chamar ou chamado; nossa vocação real é o chamado do Cristo que se apresenta nas mais diferentes dimensões existenciais: profissionais, sociais, intelectuais e artísticas.

Nossa vocação – chamado – é nossa missão reencarnatória que todos temos como ensina O Livro dos Espíritos.

571. Só os Espíritos elevados desempenham missões? “A importância das missões corresponde às capacidades e à elevação do Espírito. O estafeta [mensageiro, secretário, carteiro] que leva um telegrama ao seu destinatário também desempenha uma perfeita missão, se bem que diversa da de um general.”

O primeiro passo para compreendermos nossa tarefa na Terra é aceitar emocional e intelectualmente que temos um planejamento reencarnatório. A partir dessa verdade sentida, iniciar a busca interior e a observações dos indicadores externos sobre as tarefas centrais que devemos desempenhar no mundo, considerando também, a questão que segue.

573. Em que consiste a missão dos Espíritos encarnados? “Em instruir os homens, em lhes auxiliar o progresso; em lhes melhorar as instituições, por meios diretos e materiais. As missões, porém, são mais ou menos gerais e importantes. O que cultiva a terra desempenha tão nobre missão, como o que governa, ou o que instrui. Tudo em a Natureza se encadeia. Ao mesmo tempo que o Espírito se depura pela encarnação, concorre, dessa forma, para a execução dos desígnios da Providência. Cada um tem neste mundo a sua missão, porque todos podem ter alguma utilidade.”