Conceitos utilizados – Módulo – Cristo – 2018 – Encontro – 2 – Iniciação pelo Sentimento, hoje – Harry Potter

Ego, Sombra e Religião

A sombra, entendida como uma parte de nosso ser que é negada, seja ela saudável ou doente, é um dos principais desafios em nosso processo evolutivo. Robert A. Johnson, em seu livro Owning Your Own Shadow: Understanding the Dark Side of the Psyche (Tornando-se senhor da própria sombra: entendendo o lado negro da psique.) Afirma.

O ego é o que somos e conhecemos conscientemente. A sombra é essa parte de nós que não conseguimos ver nem saber
(…)

A sombra é aquilo que não entrou adequadamente na consciência. É o quarto desprezível do nosso ser. Muitas vezes tem um potencial de energia quase tão grande quanto o de nosso ego. Se acumula mais energia do que o nosso ego, ele entra em erupção como uma raiva dominadora ou alguma indiscrição que se desliza além de nós; ou temos uma depressão ou um acidente que parece ter seu próprio propósito. A sombra se tornou autônoma é um monstro terrível em nossa casa psíquica.
(…)

Onde quer que começemos e qualquer cultura que surgirmos, chegaremos na idade adulta com um ego e uma sombra claramente definidos, um sistema do certo e errado, um buraco com dois lados. O processo religioso consiste em restaurar a totalidade da personalidade . A palavra religião significa re-relacionar, reorganizar novamente, curar as feridas da separação.

A cura emocional, obtida pela vivência religiosa verdadeira, exige tanta coragem emocional, que a maioria prefere viver ignorando essa realidade.