Texto principal – Encontro 11

Nossa reflexão hoje está direcionada a relação de Maria de Nazaré com Jesus. Refletimos sobre o parto e a fuga para o Egito. Sobre ser uma mãe adolescente de uma criança especial e, com base no texto de segue, como deveria ser o dia a dia com um filho que é a luz do mundo. Vejamos esse trecho do livro Boa Nova que narra a intimidade do lar de José e de Maria a partir das reflexões da mãe de Jesus.

…Desde os mais tenros anos, quando o conduzia à fonte tradicional de Nazaré, observava o carinho fraterno que dispensava a todas as criaturas. Frequentemente, ia buscá-lo nas ruas empedradas, onde a sua palavra carinhosa consolava os transeuntes desamparados e tristes. Viandantes misérrimos vinham a sua casa modesta louvar o filhinho idolatrado, que sabia distribuir as bênçãos do Céu. Com que enlevo recebia os hóspedes inesperados que suas mãos minúsculas conduziam à carpintaria de José!… Lembrava-se bem de que, um dia, a divina criança guiara a casa dois malfeitores publicamente reconhecidos como ladrões do vale de Mizhep. E era de ver-se a amorosa solicitude com que seu vulto pequenino cuidava dos desconhecidos, como se fossem seus irmãos. Muitas vezes, comentara a excelência daquela virtude santificada, receando pelo futuro de seu adorável filhinho.

Precisamos trazer para nossa realidade, para nosso corações, as imagens aqui evocadas.
Maria tem um filho que frequentemente está com as pessoas tristes e desamparadas e, consequentemente, ela estava envolvida com essas pessoas por indicação de Jesus.
Constantemente, Jesus apresenta a Maria hóspedes inesperados, o que significa visita estranha em casa carente de alimento, banho, cuidados e atenção.
Dentre estes hóspedes que Jesus levava, às vezes, havia marginais conhecidos e perigosos.
A preocupação de Maria era apenas sobre o futuro do filhinho. Não com trabalha extra que ele trazia para ela nem com as situações desconfortáveis que ele gerava. Maria aceitou diariamente as propostas de Jesus, aceitou viver com a Luz.
Como você reagiria se Jesus agisse assim com você?Cristo - Untitled Page (13).png