Magnetismo - Iniciação aos Princípios do Magnetismo

Codificação – Livro dos Médiuns – Reuniões e Sociedades

o Livro dos Médiuns

CAPÍTULO XXIX - REUNIÕES E SOCIEDADES

331. Uma reunião é um ser coletivo cujas qualidades e propriedades são a soma de todas as
dos seus membros, formando uma espécie de feixe. Ora, esse feixe será tanto mais forte
quanto mais homogêneo. Se ficou bem compreendido o que foi dito no n.° 282, pergunta 5,
sobre a maneira porque os Espíritos são avisados quando os chamamos, será fácil entender o
poder de associação de pensamento dos assistentes. Se o Espírito for de qualquer maneira
atingido pelo pensamento, como nós somos pela voz, vinte pessoas unidas numa mesma
intenção terão necessariamente mais força que uma só. Mas para que todos os pensamentos
concorram para o mesmo fim é necessário que vibrem em uníssono, que se confundam por
assim dizerem um só, o que não pode se dar sem concentração.
Por outro lado, o Espírito, chegando a um meio que lhe é inteiramente simpático, sente-se mais
à vontade. Só encontrando amigos, comparece de boa vontade e mais disposto a responder.
Quem quer que tenha seguido com alguma atenção as manifestações espíritas inteligente
pode certamente se convencer desta verdade. Se os pensamentos forem divergentes,
provocam um entrechoque de idéias desagradam para o Espírito e portanto prejudicial à
manifestação. Acontece o mesmo com um homem que deve falar numa reunião. Se sentir que
todo os pensamentos lhe são simpáticos e favoráveis, a impressão que recebe age sobre as
suas idéias e lhe dá maior vivacidade. A unanimidade dessa influência exerce sobre ele uma espécie de ação magnética que decuplica os recursos, enquanto a indiferença ou a hostilidade
o perturbam e paralisam. É assim que os afores sentem-se eletrizados pelos aplausos. Ora,
sendo os Espíritos bem mais impressionáveis que os homens, devem sofrer muito mais a
influência do meio.
Toda reunião espírita deve pois procurar a maior homogeneidade possível. Falamos, bem
entendido, das que desejam chegara resultados sérios e verdadeiramente úteis. Se
simplesmente se quer obter quaisquer comunicações, não se importando com a qualidade, é evidente que todas essas precauções não são necessárias. Mas então não e deve lamentar a qualidade do produto.