Educação Espírita: um Convite à Juventude – 09 – Anjo da Guarda e Suicídio

Resumo

Estudamos como a relação entre anjo guardião e seu protegido pode evitar que este cometa suicídio.

Obs. Publicamos apenas a segunda parta, o diálogo mediúnico.  Ótimo estudo!


BAIXAR 1      BAIXAR 2

Agradecemos sua presença, amiga Patrícia, com muita alegria.

1a pergunta.

Como primeira pergunta: o que significa, para o anjo guardião, o suicídio do seu protegido?

Resposta.

Do ponto de vista emocional, tristeza. Do ponto de vista evolutivo, um erro grave. Do ponto de vista do futuro, uma reestruturação da trajetória evolutiva do protegido.

2a pergunta. 

O suicídio faz parte de algum planejamento reencarnatório ou alguma a vez na história fez parte?

Resposta

Jamais, minha filha. A lei da vida é da expansão, da renovação e do aprimoramento.

Tudo aquilo que é contrário à felicidade, à paz, ao crescimento e ao amadurecimento, não está nunca na mente, no objetivo, dos espíritos nobres.

O ato do suicídio é um ato contrário, sempre, a todo e qualquer planejamento. Pois é um ato de negação, é um ato de busca de anular-se a si mesmo. O que não pode estar condizente com as leis de amor, de felicidade e de plenitude que estruturam a criação divina.

3a pergunta

 

Em relação ao planejamento reencarnatório do protegido: após o suicídio, como é que ele é avaliado pelo anjo guardião?

Resposta

Aí vereis aspectos múltiplos que irão compor a especificidade de cada caso. O que podemos colocar, no sentido didático, é que há uma avaliação das causas profundas que levaram ao ato.

Uma busca de correção destas distorções íntimas e uma preparação intensa. Ainda nesse aspecto, no aspecto preparação, veremos os mais variados casos. Espíritos que reencarnam quase que imediatamente para uma existência curta de reinício de aprendizado. Outros espíritos que se demoram décadas em vales de sofrimento e, após o seu regaste, alguns preparam-se por outras décadas.

É preciso entender que a vida espiritual tem toda uma complexidade que vai muito além da, em certo aspecto, monótona e repetitiva vida material.

A diversidade psicológica, a diversidade mesmo de costumes, faz com que os grupamentos espirituais ajam regidos pela lei do amor, mas, de forma específica, para melhor ajudar os indivíduos.

Inclusive, cabe ao anjo guardião buscar cursos e meios e locais de preparação mais adequados ao seu protegido, para que na encarnação seguinte, ele consiga efetivamente enfrentar as dificuldades que fugiu e superar também a tendência ao suicídio que trará em seu psiquismo.

4a pergunta.

Então é possível recuperar um planejamento do protegido mesmo depois do seu suicídio, numa próxima encarnação?

 

Resposta

É importante especificar que aspectos engloba o termo recuperar. No aspecto individual, o individuo sempre pode, para usar o seu termo, se recuperar no sentido de que ele pode reestabelecer sua harmonia e aprofundá-la.

Ele pode, certamente, repara todos os erros. Porém, outros aspectos não são recuperáveis, pois envolvem outros espíritos.

Darei um exemplo didático, um espírito evoluído tem a sua ultima encarnação na Terra e adota como filho ou tem como irmão um indivíduo ainda com muitas dificuldades no aspecto emocional. Certamente, a presença desse espírito mais evoluído será uma benção de convívio. Digamos que esse indivíduo cometa suicídio, e o espírito redimido por seu mérito, por orientação do mais Alto, deva reencarnar em outro mundo.

Sendo assim, não ira ser possível restituir de forma idêntica aquele convívio. Nesse aspecto, no aspecto das circunstâncias externas e oportunidades, dificilmente o indivíduo terá situação semelhante ou igual a  a que teve. Porém, no aspecto essencial, que mais interessa, o aspecto da conquista do amadurecimento e da paz interior, certamente, não digo que  serão recuperados, mas serão conquistados, pois se ele tivesse em si não haveria suicídio.

5a pergunta.

Como se dá a relação entre o anjo da guarda e seu protegido depois do protegido cometer suicídio?

Resposta

Ainda aí teremos uma variedade ampla no padrão da relação. Porém, não haverá o que se chama na Terra de uma condenação. Não haverá, como muitas vezes vemos na Terra, uma repreensão amarga e cruel.

Haverá sim, compreensão, amor e, também, um treino de disciplina para que o indivíduo possa apreender a melhor controlar as próprias emoções.

[A relação] será de acolhimento, será de compreensão, mas será, também, de muita energia construtiva para que o  indivíduo, não se julgando coitado, não tente, no plano espiritual, fugir das próprias responsabilidades.

Em muitos casos, o suicídio é uma fuga de responsabilidade e não será apoiando essa fuga de responsabilidade do indivíduo que cometeu suicídio e que está no plano espiritual que ele ira crescer.

Ele terá forçosamente de assumir as mesmas responsabilidades agravadas pelo ato da revolta. Então, o papel do anjo guardião é também educá-lo, é treiná-lo. Se num aspecto haverá um amor e compressão profunda, no outro aspecto, que é o mesmo, haver austeridade e disciplina para que o indivíduo possa libertar-se do vício da fuga.

6a pergunta.

Como a relação como  anjo da guarda pode nos ajudar a prevenir o suicídio?

Resposta

O suicídio, em seu aspecto de negação e de negação de Deus, muitas vezes se inicia, minha amiga, com a  negação da relação com o anjo guardião.

Então, muitas vezes, verificamos que o suicídio tem o seu passo inicial quando o indivíduo corta, de forma extrema, a sua relação emocional com o anjo da guarda. Muitas vezes, de forma inconsciente.

O passo seguinte, que, às vezes ocorre, é o bloquear dessa relação com o próprio Criador, ou pelo menos, a tentativa. Daí a  vida torna-se completamente vazia, sem significação profunda. E quando vêm as amarguras e provações, ocorre a tentativa infeliz de fuga agravando os compromissos.

Num outro aspecto, mas na mesma lógica, estreitar os laços emocionais com o anjo guardião é talvez a mais poderosa alavanca de proteção ao suicídio. Porque o indivíduo com o coração vinculado a  esse espírito superior, que age em nome de Deus, poderá receber energias e amparo e mesmo intervenção para que não cometa esse ato infeliz.

7a pergunta.

De que forma podemos pedir auxilio ao nosso anjo guardião para que nos ajude a não cometer suicídio?

Resposta

Continuadamente, solicitando ao anjo da guarda para que você consiga ver a grandiosidade da vida. O suicídio não expressa apenas o ato da fuga, mas ele expressa, talvez de forma mais eloquente, a miopia espiritual do indivíduo e sua incapacidade emocional de sentir a grandeza do Pai e a grandeza da vida ao seu redor.

Solicitar, portanto, ao anjo guardião, para que cada situação agradável e desagradável vivida seja observada de um ponto de vista mais profundo e mais amplo é o melhor treino para  se evitar o suicídio. O canto de um pássaro, o por do sol, a dor, o testemunho, salvar-se de um perigo.

A cada momento solicitar: meu anjo guardião ajuda-me a ver essa situação de forma mais sabia. Ajuda-me a sentir as vibrações que vem do mar de forma mais profunda. Ajuda-me a perceber , a captar a beleza que muitas vezes se forma no céu, através do balé e do bailar das nuvens.

Tudo isso, minha amiga, é uma prevenção profunda ao ato de desespero. Pedir ao anjo guardião: ajuda-me a ver a beleza da vida, ajuda-me a ver a minha própria beleza. Porque quem enxerga beleza na criação enxerga em si, e esse não será um potencial individuo que poderá cometer suicídio, ao contrário, ele ira expandir vida e beleza nas situações mais amargas, porque ele abriu o coração a inspiração superior e conseguira ver mesmo a beleza no leito de morte de uma pessoa amada, porque estará constantemente recebendo ideias, vibrações, perspectivas que são inspiradas pelo próprio criador, a partir de seu anjo guardião.

8a pergunta.

Nos podemos orar aos anjos guardiões de outra pessoas que observamos poder cometer suicídio, rogando que ele a ampare mais diretamente essa pessoa?

Resposta

Certamente deveis rogar aos anjos guardiões das outras pessoas, não no sentido de que ele ira amparar mais porque você orou, mas no sentido de que uma vez criando a  sua a sintonia com ele, você poderá ajudar melhor e ele, podendo utilizar-se das energias que não lhe farão falta, poderá auxiliar melhor o seu protegido.

Talvez a postura mental correta seria: anjo guardião de fulano, ajuda-o e eu me coloco a disposição dentro da minha limitação para te auxilaiar a auxilair ao ser que tu amas. Essa prece sempre será ouvida com carinho por um espírito superior, minha amiga. Sempre.

Conclusão: agradecemos a sua presença e deixamos agora o espaço para a mensagem de encerramento.

Mensagem de  encerramento

Queremos encerrar solicitando que cada que já teve impulsos de autodestruição, nesse instante, sintonize com o seu anjo da guarda, eleve o coração pedindo a proteção do Pai e pedindo energias para que, neste momento, posam ser realizadas operações fluídicas, espirituais, de forma a ampliar  contato do protegido com o seu anjo protetor.

Esse contato poderá preservar do desequilíbrio, dos vícios e do suicídio. A melhor forma que temos hoje de oferecer a você, que me ouve neste momento, é dizer: nunca esqueça que jamais você estará sozinho. Esse espírito protetor quer estar ao teu lado, se lhe fosse permitido ele se materializaria, pegaria me tua mão e  caminharia ate o fim de tua existência tua amparando e te protegendo. Mas é o que ele faz, de certa forma.

Ele precisa que você o próprio coração. Que você aceite as vibrações de coragem e de ternura que ele direciona para você. Que ele seja acolhido, porque tu és também um filho de Deus e como filho de Deus, Deus te dar esse poder de acolher ou não outras vibrações.

Aceite-as, amigo e amiga queridos. Permita-se envolver por essas vibrações para que nenhum de autodestruição venha atrapalhar  atua bela caminhada para Deus. Pois esse anjo, se ele é portador de ternura, também ele o é portador de poder, ele te protegerá, mais valente que um soldado empunhando uma espada, ele se movimento ao teu redor, ele examina o teu passado o teu presente e ele cuida de teu futuro. Nada nesta vida esta em controle, anda neta vida é uma caso do azar. Tudo tem um objetivo superior, e se você permitir, teu anjo guardião te guiara usando cada dor e cada obstáculo como um pequeno degrau de uma escada e apos subir essa imensa escada do testemunho você se deparará com uma beleza esplendida e essa beleza, meu irmão e minha irmã, será o teu próprio coração iluminado pelas provas transpostas com o amparo do te anjo guardião.

Muita paz de vossa irmã e amiga, Patrícia.

 

um comentário

  1. Tema de extrema relevância … O suicídio tem assolado muitas vidas nos tempos atuais e é importante que as pessoas entendam que suas consequências são muito piores no plano espiritual… Que Deus possa iluminar o caminho de todos os que se sentem enfraquecidos por algum motivo e que seus anjos possam inspirar lhes confiança e esperança !!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s