Nova Geração 258 – Um amigo que te conhece de verdade

Livro dos Espíritos 
Segunda Parte 
Capítulo IX Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal
-
1. Penetração dos espíritos no nosso pensamento.
2. Influência oculta dos espíritos nos nossos pensamentos e nas nossas ações.
3. Possessos.
4. Convulsionários.
5. Afeição dos espíritos por certas pessoas.
6. Anjos guardiães, espíritos protetores, familiares ou simpáticos.
7. Pressentimento.
8. Influência dos espíritos nos acontecimentos da vida.
9. Ação dos espíritos nos fenômenos da Natureza.
10. Os espíritos durante os combates.
Perguntas do capítulo 459 a 557

Livro dos Espíritos

492. O espírito protetor está ligado ao indivíduo, desde o seu nascimento?

“Desde o nascimento até a morte e, frequentemente, acompanha-o, depois da morte, na vida espiritual, e até em várias existências corporais, pois estas existências são apenas fases bem curtas, com relação à vida do espírito.”

493. A missão do espírito protetor é voluntária ou obrigatória?

“O espírito é obrigado a velar por vós, porque aceitou essa tarefa; mas, tem o direito de escolher seres que lhe são simpáticos. Para uns, é um prazer, para outros, uma missão, ou um dever.”

a) Apegando-se a uma pessoa, o espírito renuncia a proteger outros indivíduos?

“Não, mas ele o faz menos exclusivamente.”

Mensagem de encerramento

Filhos e filhas, que o Cristo esteja conosco sempre!

Lembremos de que ninguém está na Terra, que não tenha muitas provas a serem enfrentadas. Ninguém nasce neste mundo, se não tem objetivo de um seríssimo crescimento espiritual.

Não se abre espaço na Terra de hoje, para espíritos simplesmente que queiram ter uma experienciazinha a mais. 

O momento é grave, o momento é sério. Por isto, aqueles que nascem no mundo vêm com gravíssimos compromissos e com provas dificílimas, já decididas, combinadas, assumidas.

Portanto, pensemos o seguinte: já estou no campo de batalha, possuo um superior hierárquico, um general extremamente sábio. Preciso para vencer esta batalha, que na verdade é uma batalha em mim mesmo, estar em contato, seguir as orientações, as ordens deste general sublime. E ele é o anjo guardião. Portanto, não nos equivoquemos com tanta falsidade estúpida: ah… Que eu sou independente… Claro que é independente, mas a sua independência significa decisões sobre caminhos a seguir… E você vai pedir ajuda para quem? Para um tolo, para um louco ou para um sábio?

Estar na Terra é como estar caminhando em uma estrada e de repente esta estrada se divide em três quatro ou cinco vias. Você não conhece nada, você não consegue ver o fim de todas estas vias. Não sabe para onde cada uma vai… Então você é livre, mas você precisa decidir, justamente porque é livre. Para decidir, você precisa pedir informações. Precisa saber, informar-se, entender as consequências de cada uma destas estradas.

O que acontece: a maioria de vocês pedem informações para os loucos, que estão encarnados na Terra. Pessoas totalmente debilitadas, do ponto de vista espiritual, que vivem para ter fama, sucesso, riqueza e ai vocês querem escolher a estrada da própria vida, guiada por estas pessoas totalmente estúpidas, mas que parecem muito sábias ou bem sucedidas, como vocês dizem. Então é certo de que o caminho que elas vão indicar são os piores.

Não seria melhor pedir opinião, orientação, modelo de conduta para aqueles que conhecem não apenas estas cinco estradas, mas que conhecem a história do planeta? Não seria muito melhor pedir orientação para aqueles que assistiram como este mundo foi feito? Não seria melhor para a realidade íntima de vocês, seguir a trilha, o norte indicado por aqueles que há tantos milênios conhecem toda a lógica do coração humano e que sabem exatamente a tua necessidade? 

Essa é a imagem que eu quero deixar, apenas com uma pergunta escrita nela: não será que você está muitas vezes pedindo orientação para os loucos? Para os falsos profetas? Para aqueles que parecem saber, parecem entender, mas que são mentirosos e falsos? 

Filhos, o momento é muito grave! Eu me preocupo muito que vocês ainda confundam a loucura com a verdadeira sabedoria. Cargos sociais, institucionais, famas passageiras…

Como compreender a estrutura do universo? Com o saber os objetivos do Senhor da criação? Não é possível filhos, que vocês acertem se sempre estão seguindo o conselho dos loucos, dos agitados, dos doentes da alma, que se apresentam envolto de luzes brilhantes, mas que são luzes tão falsas e mentirosas, quanto se possa conceber. 

A verdadeira luz deste mundo se chama: Jesus Cristo! E os seus anjos conhecem as lições do Mestre, muito mais do que vocês podem saber. E também conhecem vocês! Portanto, eles sabem como guiá-los para a verdadeira felicidade, para as verdadeiras conquistas espirituais, livrando-vos da tolice, da maldade e da perversidade que impera no coração e na mente destes falsos profetas dos dias modernos. 

Que vocês lembrem: a liberdade lhes obriga escolher um caminho. Pensem que só há caminho verdadeiro se for o Cristo! 

Que vocês fiquem em paz,

do amigo espiritual de sempre.

Categories: Nova Geração

O que você achou?