Nova Geração #171 – A escolha do vício

 

Baixar áudio

 


Parnaso de Além Túmulo

A Fortuna

 

Anda a Fortuna por uma praça,

Fala à Ventura com riso irmão,

E mais adiante topa a Desgraça,

E altiva e rude lhe esconde a mão.

Vaidosa e bela, dá preferência

Ao torpe egoísmo acomodatício,

E entre as virtudes, na existência,

Escolhe sempre flores do vício.

E assim prossegue na desmarcada

Carreira louca do vão prazer,

Como perdida, e já sepultada,

No esquecimento do próprio ser.

Depois, cansada e já comovida,

Quando só pede luz e amor,

Acorre à Morte por dar-lhe a Vida,

E vem a Vida por dar-lhe a Dor.

 

João de Deus, um dos maiores poetas portugueses, 1830-1896.

Livro dos Espíritos

Segunda Parte

Capítulo VI

Item 5. Escolha das provas

 

264. O que dirige o espírito na escolha das provas que ele queira experimentar?

“Ele escolhe as que podem ser para ele uma expiação, pela natureza de suas faltas, e para fazê-lo progredir mais depressa. Uns podem, portanto, impor-se uma vida de miséria e de privações para tentar suportá-la com coragem; outros podem querer experimentar as tentações da fortuna e do poder, muito mais perigosas, pelos abusos e mau uso que deles se pode fazer e pelas más paixões que desenvolvem; outros, finalmente, querem se experimentar, através das lutas que têm que sustentar no contato com o vício.”

265. Se alguns espíritos escolhem o contato com o vício como prova, haverá outros que o escolham por simpatia e pelo desejo de viver num meio conforme aos seus gostos ou para poderem entregar-se, materialmente, a pendores materiais?

“Certamente os há, mas apenas entre aqueles cujo senso moral ainda está pouco desenvolvido; a prova vem por si mesma e eles a suportam mais demoradamente. Cedo ou tarde, compreendem que a satisfação plena das paixões brutais acarreta-lhes consequências deploráveis, que sofrerão durante um tempo que lhes parecerá eterno; e Deus poderá deixá-los neste estado, até que tenham compreendido suas faltas e que eles mesmos peçam para repará-las, através de proveitosas provações.”

 

Tradução de Maria Lucia Alcantara de Carvalho. 2. ed. — Rio de Janeiro: CELD, 2011.

 

Mensagem de Encerramento

 

Que a paz do Cristo toque todos os corações que me ouvem neste instante. Que estejamos sempre alegres e confiantes, porque o nosso Mestre sempre mantém o coração aberto para cada ser da Terra. Não precisamos do pessimismo antiquado e deletério das tradições religiosas poeirentas. Precisamos de luz, precisamos de paz, precisamos entender que a nossa escolha de hoje é fundamental.

Todos vocês podem vencer, mesmo quando o espírito tem má intenção, nós só colocamos uma prova em que existe chance real dele vencer, senão seria ruim. Então, Deus não permitiria um jogo mórbido de deixar  Espírito em uma situação impossível. O que o Espírito escolhe é grau de dificuldade, mas há um limite, ele só pode escolher o que consegue vencer. Como ensina o Cristo: Deus não coloca fardos pesados em ombros frágeis. Mesmo quando o espírito escolhe de forma confusa, nós regulamos a escolha. Não é possível permitir que simplesmente vá para algo que não vá aprender nada. Por isto, filhos, independente da prova,  que você esteja, independente de escolha, é indispensável saber: se foi permitido é porque você pode vencer, porque vencer prova, filhos amados, filhas queridas, vencer prova é vencer a si mesmo.

Todos os vícios podem ser curados, todos os vícios podem ser transformados. Todos os seres alcançarão a luz plena. Por isto, otimismo; por isto, coragem; por isto nos candidatemos todos: sejamos a vanguarda do bem no mundo, porque, independente de escolhas particulares, independente de vantagens e desvantagens específicas, todos vocês possuem e tem uma coisa: uma vontade divina. Uma vontade que se vincula ao Criador do universo. Basta vocês dizerem: vou ampliar minha vontade.

Vocês, filhos, imagem e semelhança do todo Poderoso podem a hora que quiserem cultivar uma vontade toda-poderosa em relação a todas as circunstâncias da vida de vocês. Por isto, filhos, aprendam a cultivar a vontade toda poderosa que carregam em si. Independente da situação que vocês se encontrem, em qualquer lugar do universo, vocês vencerão todas as circunstâncias, porque o Pai é o todo-poderoso do universo e todos os filhos do Pai podem ser, se quiserem, os todo-poderosos em relação às situações de suas vidas.

Que fiquem em paz, com o poder de Deus.

Do amigo espiritual de sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s