Nova Geração 250 – Demônios: absurdo e verdade

Livro dos Espíritos
Segunda Parte
Capítulo IX - Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal


1. Penetração dos espíritos no nosso pensamento.
2. Influência oculta dos espíritos nos nossos pensamentos e nas nossas ações.
3. Possessos.
4. Convulsionários.
5. Afeição dos espíritos por certas pessoas.
6. Anjos guardiães, espíritos protetores, familiares ou simpáticos.
7. Pressentimento.
8. Influência dos espíritos nos acontecimentos da vida.
9. Ação dos espíritos nos fenômenos da Natureza.
10. Os espíritos durante os combates.


Perguntas do capítulo 459 a 557

Livro dos Espíritos

Possessos

480. O que se deve pensar da expulsão dos demônios de que se falou no Evangelho?

“Isto depende da interpretação. Se chamais demônio um mau espírito que subjuga um indivíduo, quando sua influência for destruída, ele será verdadeiramente expulso. Se atribuís uma doença ao demônio, quando tiverdes curado a enfermidade, direis, também, que expulsastes o demônio. Uma coisa pode ser verdadeira ou falsa, conforme o sentido que se dê às palavras. As maiores verdades podem parecer absurdas, quando apenas se vê a forma e quando se toma a alegoria pela realidade. Compreendei-o bem e gravai isto; trata-se de uma aplicação geral.”

Mensagem de encerramento

Queridos filhos e filhas, que o Cristo nos ajude sempre a aprender a amar, aprender a servir, em seu nome. 

Possamos nós ser aqueles que têm simplicidade suficiente para não distorcer vaidosamente, os ensinos dos Espíritos da codificação.   

O que é a humildade? É sentir que pode aprender com O Livro dos Espíritos por exemplo. O que é arrogância? Já li quatro vezes, já sei tudo… É muito triste porque vemos isto constantemente, pessoa disse que já leu quatro vezes, que cita questões de O Livro dos Espíritos, mas não entendeu nada. Porque não sabe abrir o coração, não sabe meditar, compreender não é repetir. Compreender é entender! É meditar sobre aquilo ali e entender consequências, é saber aplicar na vida, é saber interpretar outras coisas além daquele saber. 

Muitos são tão infantis que quando descobrem o tamanho de sua arrogância, ao invés de colocarem-se em um lugar e iniciarem um programa sério de estudo, perdem o interesse pelo Espiritismo. Muitos dizem: ah… Se eu não posso me exibir fazendo isto ou aquilo, porque eu tenho uma formação disso ou daquilo, não quero mais saber de Espiritismo. Ótimo, afastem-se filhos mesmo, porque é muito pior usar a luz para distorcer o coração de vossos irmãos. Sua autoridade numa área ou outra não é autoridade do saber espírita.

Precisa estudar Espiritismo, precisa aprender a pensar com o Espiritismo. Isto muitos não querem. Querem falar de Espiritismo pensando como médico. Ora a medicina hoje é um ensino técnico, não tem como. Querem outros pensar Espiritismo como se fosse uma escolazinha destas filosóficas da moda. Espiritismo dialoga, mas ele não é isto. O Espiritismo possui uma forma muito peculiar de pensar, que os espíritas ainda não conseguiram compreender, mas que os humildes absorvam, porque não se acham superiores. 

Um dia vocês precisarão, sim, de estudos que mostrem princípios do pensamento, princípios da forma espírita de pensar. Que é maravilhosa! Mas que vocês ainda não conhecem, tudo isto se baseia em uma compreensão profunda da Divindade e do universo. Porque verdadeiramente, vocês só conseguirão interpretar os fatos importantes da vida de vocês, quando tiverem uma melhor compreensão de Deus e do universo. Para isto, O Livro dos Espirititos continua totalmente indispensável, meus filhos. 

Vamos estudando aos poucos, vamos lendo. Um dia pretendo trabalhar isto com vocês: o que é de fato a forma de pensar espírita.

Que Deus nos ampare a todos neste esforço imenso de compreender a grandeza do pensamento de Espíritos que já possuem tanta beleza e profundidade que já são considerados, por nós, reflexos da Divindade. 

Que vocês fiquem em paz,

Do amigo espiritual de sempre. 

Categories: Nova Geração

O que você achou?