Nova Geração Atualidade 04 – Epidemia, Renovação Social, Crucificação

“Aproxima o teu dedo daqui e vê as minhas mãos e aproxima a tua mão e põe-na no meu flanco e não te tornes descrente mas sim crente”.

(Jesus)


Bíblia – Novo testamento: Os quatro evangelhos

24 Mas Tomé, um dos doze, o chamado Gêmeo, não estava com eles quando Jesus veio.

25 Os outros discípulos diziam-lhe: “Vimos o Senhor!”. Mas ele disse- lhes: “A não ser que veja nas mãos dele a marca dos pregos e ponha o meu dedo na marca dos pregos e ponha a minha mão dentro do flanco dele, não acreditarei”.

26 E oito dias depois, os discípulos estavam de novo dentro [de casa] e Tomé estava com eles. Chega Jesus, estando trancadas as portas, e pôs-se de pé no meio e disse: “Paz para vós”.

27 Depois diz a Tomé: “Aproxima o teu dedo daqui e vê as minhas mãos e aproxima a tua mão e põe-na no meu flanco e não te tornes descrente mas sim crente”.

28 Tomé respondeu e disse-lhe: “Meu Senhor e meu Deus”.

29 Diz-lhe Jesus: “Porque me viste, acreditaste? Bem-aventurados os que não viram e acreditaram”.

Extraído: Novo Testamento, Editor Companhia das Letras

Mensagem de encerramento

Que o Cristo nos ilumine sempre para que não sejamos daqueles que o negam com atitudes, pensamentos e sentimentos, porque, se na crucificação a humanidade rejeitou o Cristo e esse, digamos, se foi de certa forma, foi condenado à morte, hoje tudo se inverte. 

O Cristo volta ao mundo para ficar, para implantar uma nova ordem social e aqueles que o rejeitarem novamente serão os que deverão partir. Precisamos entender que misericórdia não é tolice, não é injustiça, é um amor profundo que, mesmo sofrendo, toma sempre as melhores medidas visando o desenvolvimento ao longo dos milênios para cada um.

Podemos iniciar. 

Muito obrigada pela sua presença hoje. A nossa pergunta é: que tipo de sacrifício o Cristo espera de nós nesse momento? 

Primeiro, antes de fazer uma coisa importante deve-se estar preparado, claro. 

O Cristo fez questão de dar para cada um de vocês algo extraordinário: a prova da imortalidade. Por que isso é tão importante? Porque todos carregam o medo de aniquilar-se, de deixar de existir. Isso pode levar ao pavor, isso pode levar ao descontrole emocional, o que é algo terrível. 

Então, o Cristo diz: vou ensinar, provando para vocês, que a morte não existe e depois cada um deverá dar o seu testemunho. 

Primeiro, vocês hoje tiveram prova da imortalidade. Ninguém que buscou ficou sem prova. Ninguém que quis sinceramente ficou sem prova. E o caso de Tomé é exemplar.

Aqueles que dizem estupidamente: ah, eu quero que me provem assim, assim e assado, esses não querem prova. Mas aqueles que mesmo com uma certa indisposição, má vontade, buscam com sinceridade, esses têm provas, todos. 

Então, filhos, essa fase passou. Todos que quiseram, tiveram suas provas. Todos que buscaram encontraram as experiências, informações necessárias. Todos. Não resta dúvida. Todos. Agora que tens a prova da imortalidade, sim. Agora, sim. Chega a hora do testemunho. Como poderia ser diferente? Como poderia ser diferente? 

O Cristo, durante anos, publicamente três, ensinou a todos. Provou tudo, inclusive a própria imortalidade. Agora, diz Ele, vão vocês. Agora, diz o Consolador, vão vocês. É isso que acontece no mundo hoje. 

Compreendendo a imortalidade, chega a hora do testemunho. Chega a hora do testemunho, filhos. Então, respondemos, porque o Cristo mais uma vez foi extremamente generoso com a humanidade, é justo, é razoável, é bom que cada um, que mais uma vez recebeu as provas possam ir para o testemunho. 

Pode-se perguntar: como? Primeiro, tendo paz. Como o Cristo abordou Tomé? Paz. Porque a paz é a prova que vocês aceitaram o ensino do Cristo. Não adianta que seja diferente. Cultivem a paz de quem sabe, independente de qualquer tempestade, sou imortal. Vírus não mata espírito! Por que tanto pavor, espíritas? Por quê? Não precisa nada disso. Sois filhos de Deus. Sois mais poderosos do que quereis aceitar! Então, acima de tudo, paz profunda. 

Deus cuida, Cristo está ao meu lado. E aí invertemos o que foi falado hoje. Se a mãe iludida queria que seu filho estivesse ao lado do Cristo, o cristão hoje sente paz profunda porque sabe que o Cristo está ao lado dele. Se inverte para ficar no lugar certo. O Cristo está aqui! Tudo acontecerá conforme sua vontade. 

Apenas quem aceitou isso estará apto a sacrificar-se. Falaremos dos tipos de sacrifício, não agora, em outro momento, porque primeiro vocês precisam cultivar a paz que o Cristo dá para você. 

Se o Cristo estende a mão ferida para Tomé, o Cristo estende a mão cheia de paz em tua direção. Aceita! Acolhe! Absorve a paz que o Cristo, estendendo as mãos, te concede. 

Teremos muito o que conversar com vocês. Mas é indispensável para que nós penetremos de forma adequada as revelações que traremos relativas a Eurípedes, porque ele nos autoriza a isso, e a Nova Geração, é preciso que você queira ter paz. Indispensável. Enquanto você fugir e não quiser acolher a paz do Cristo isto não te servirá muito. 

Tudo explicaremos, mas sem temor, sem desespero. Porque o Cristo deve estar no centro de nosso diálogo. E o Cristo sempre inicia nos dando paz. Mundo não vai se acabar. Você não vai se acabar. Por que medo? Ao contrário. Nos alegremos com sobriedade, dizendo: que bom. Terei uma oportunidade superior, não terei uma vida vazia. 

As minhas mãos, quando eu desencarnar, terão algumas das marcas do Cristo. Que belo, que nobre, que sublime. 

Fiquemos em paz, entendendo que para você, cristão, a crise que já se iniciou significa que o Cristo te dá um cálice para beber e se você o aceitar, você será luz.

Muita paz, 

Do amigo espiritual de sempre.  

Categories: Nova Geração

8 thoughts on “Nova Geração Atualidade 04 – Epidemia, Renovação Social, Crucificação

  1. Boa tarde irmãos queridos, Deus nos abençoe a todos. Gratidão infinita ao Marcos, por mais uma lição tão valiosa , que possamos carregar conosco as marcas do sacrifício do Senhor Jesus. Luz e Paz a todos.

    1. Obrigado, agradecemos muito sua participação!

  2. Estamos como Tome de pouca fé, aguardando alastrar a epidemia para entender a mensagem.de Cristo.
    Temos que ser melhor uns aos outros Para fortalecer os ensinamentos que Jesus deixou com sua morte!

    1. Certamente, Castilho, todos precisamos investir para ampliar nossa fé.

      1. O investimento na fé é a prática constante da caridade e oração!

        1. Concordo, precisamos desse esforço todo dia!

  3. Parabéns pela mensagem reconfortadora. Que a paz de Jesus esteja entre nós.

    1. Obrigado, Antônio!

O que você achou?